19/04/2017

Como a arte pode aliviar o seu estresse


Mais do que nunca vivemos em uma sociedade de excessos; urgente, rápida e ansiosa. Eu não sei você, mas volta e meia ainda me sinto incomodada com a correria do dia a dia.

Mesmo assim, sempre que possível escolho pensar que no fundo, no fundo, todas as pressões do cotidiano que precisamos enfrentar são simples e a gente que complica tudo.

Eu te explico. Muitas vezes nos entregamos ao desânimo, à intolerância, à ansiedade, à monotonia, por estarmos mais ligados ao mundo externo do que ao nosso mundo interior. Buscamos conhecimento sobre tudo, menos sobre nós mesmos.

Você pode não saber, mas o seu estresse pode ser o seu Eu interior gritando aos sete cantos para que você recupere a sua individualidade, que foi perdida para uma sociedade adoecida, com valores invertidos e fragmentados.

Mas será possível remar contra essa maré?

Parece que precisamos trabalhar cada vez mais, o trânsito está ainda mais caótico, nem sempre temos tempo para comer de maneira saudável, não nos exercitamos e nem relaxamos.

Nossos recursos físicos, mentais e emocionais estão se esgotando, sendo refletidos em nossa saúde, em problemas de relacionamento e um sentimento generalizado de fracasso.

Mesmo com todo esse cenário, eu digo para você que SIM, podemos remar contra essa maré!

E digo também que é nosso dever pessoal e intransferível. Isso mesmo! As transformações mais potentes só acontecem de dentro para fora. Por isso o autoconhecimento é fundamental.

Quanto mais a gente exterioriza o que pensamos e sentimos, maior é a nossa clareza em relação às mudanças que queremos fazer em nossas vidas e no mundo.

Precisamos achar clareza em meio ao caos, e ela tem sido o meu maior remédio diante das circunstâncias e das situações da minha vida.

Eu tenho alguns refúgios como a prática do Yoga, meditação e a arte. E é sobre a ARTE que quero conversar com você hoje.

A ARTE CURA




O ato criativo pode curar muitos problemas emocionais. Criar, nos ajuda a desenvolver novas habilidades que ajudam a reverter os desequilíbrios da mente provocados pela agitação do dia a dia.

Enquanto você contempla, desenha, constrói, cozinha, dança, canta ou pinta você afasta da mente problemas cotidianos e ao mesmo tempo explora o seu mundo interior. Você se recria, reconstrói a relação consigo mesmo e o seu estar no mundo.

Ao criar, você gera um turbilhão de insights, que são seus movimentos internos, te possibilitando de ir além da forma. Ao darmos um novo sentido e destino aos materiais, possibilitamos uma transformação simultânea no nível emocional.

POR UMA VIDA CRIATIVA

O fato de você se dedicar à uma atividade criativa não significa se tornar uma grande artista, ou vender sua arte no Elo 7, ou ser atriz da próxima novela. Mas sim, acrescentar qualidade à atividade que você está realizando. Acrescentar amor, foco, alegria.

Compreende? Ser criativa e viver com arte, é ter uma abordagem intuitiva de como você vê as coisas.

Tem a ver com a sua atitude, com a sua percepção da realidade e com a sua capacidade de reponder de forma autêntica e original a um problema.

Tem a ver com a sua capacidade de quebrar padrões e romper condicionamentos.

Portanto, se dê permissão para reservar algumas horinhas da sua semana super atarefada para praticar alguma atividade artística. Sem medo, ninguém precisa saber que você está pintando um livro de colorir, experimentando novos ingredientes na sua receita de família, ou customizando uma blusa que você não usa há séculos.

Há tantas possibilidades, a internet está aí e pode te ajudar com mil ideias para você botar a mão na massa. Eu acredito que o faça você mesmo veio para ficar, sobretudo quando o trabalho em torno da técnica é secundário. Sendo o principal se divertir e admirar o resultado.



SE CONHEÇA

Depois de criar formas, misturar e explorar cores e símbolos, a gente se recria e passamos a entender um pouco da nossa jornada. A nossa consciência sobre nós mesmos se expande e desenvolvemos os nossos potenciais.

Quando o seu foco não está no resultado final e sim no fazer a arte, ela é capaz de nos transportar para além do intelecto. Coloque alma no que se faz e se entregue a um exercício profundo de dedicação.

BORA CRIAR?

Vamos fazer um exercício criativo!

1- Separe seus materiais de pintura, revistas, papel de presente ou de decoupage (caso queira fazer uma colagem), tesoura e cola;

2- Sente-se de maneira confortável;

3- Respire devagar e profundamente, enquanto esvazia e acalma a sua mente;

4- Responda mentalmente as perguntas abaixo:





5- Permaneça em silêncio, concentre-se nas respostas (não se preocupe se elas não vierem verbalmente, de forma linear), foque nas formas, nos padrões e cores que aparecem em sua mente. Se surgir alguma frase inspiradora. Ótimo, anote-a!

6- Ação! Ponha tudo o que você pensou no papel, e claro de maneira criativa!

A arte que ilustra o post é o resultado das minhas respostas para as questões acima. Esse exercício é ótimo para você reconhecer qual parte sua se identifica e se apega com uma determinada situação indesejada.

As questões que sugiro no exercício prático foram pensadas por mim, depois de identificar o quanto ansiosa fico quando penso em meu futuro a partir das escolhas que faço hoje, que basicamente são viver das habilidades mais sutis que possuo.

Quando exteriorizo de forma não linear tudo o que vem em minha mente, a arte acontece. O que há de melhor em mim desabrocha e a ansiedade vai para o além, pro nada, que é da onde ela veio. E sigo em paz!

E aí, gostou do post? O que você tem feito hoje para mudar sua vibe quando você está desanimada com a vida? Pode escrever aqui nos comentários ou em minhas redes sociais que vamos conversando.

ASSISTA A LIVE QUE ROLOU NO INSTAGRAM SOBRE O ASSUNTO: 

video



QUER DECORAR A SUA CASA COMIGO?

Na Lápiz Decor, nós temos o enorme prazer de ajudá-la a decorar a sua casa, tendo o seu autoconhecimento como principal inspiração e referência. É um processo lindo de autodescoberta e eu amo fazer parte deste momento com você!



Eu não fico só por aqui. Todos os dias compartilho o meu dia a dia, ideias e inspirações nas minhas redes sociais:





















Nenhum comentário :

Postar um comentário