27/03/2016

O Faça Você Mesmo veio para ficar?




A pergunta que inspirou todo esse post foi feita pela Carolina Callegari, em uma conversa maravilhosa sobre o estilo Faça Você Mesmo, para o Especial de Decoração do Caderno da Barra para o Jornal O Globo, que saiu no dia 27/03/2016.

Fiquei muito feliz e agradecida por poder participar do Especial ao lado de outras blogueiras talentosas, que tanto admiro, além de imaginar que a busca por um lar feliz, autêntico e criativo está crescendo cada vez mais.

E você?


 Você tem um lar criativo?


Se assim como eu, você se propõe em ter uma vida criativa, imagino que a sua casa seja um verdadeiro laboratório de ideias.

Tudo alimenta o que se faz e claro tudo do que se faz é exposto.

Muito mais do que simplesmente decorar, criamos coisas afim de encontrar um modo de expressar nossa resposta pessoal ao mundo.

As técnicas, são as que menos importam, aos poucos aprendemos. O estilo, com o tempo se definirá como nosso.

Garrafas reaproveitadas na decoração do meu quarto



Pote de vidro com nova função



O Faça Você Mesmo veio para ficar?

Sim, eu acho!

O Faça Você Mesmo nos traz possibilidades únicas quando comparamos com as séries industriais encontradas no mercado.

Quando fazemos nós mesmos um produto, com empenho e carinho, temos em nossa própria casa uma peça de design artesanal. Tomamos as rédeas da padronização por causa da indústria, para algo que traz uma assinatura, a nossa.

O Faça Você Mesmo veio para ficar por que traz os sentimentos, as escolhas, o talento, o gosto de quem faz; e isso faz com que nos tornemos verdadeiros designers.

Peças artesanais feitas por mim, pela Carla Torci e pela Ana Cantarini

Meu quarto decorado no estilo Faça Você Mesmo






Faça Você Mesmo para iniciantes:

Chegou agora nesse universo de mãos à obra e não sabe por onde começar?

Então você está com sorte, pois vou compartilhar dicas das blogueiras que participaram dessa edição:

1) A Ana Cantarini do blog, Casa Doce Casa, diz que é indispensável ter uma base de cortes para fazer os projetos, régua de metal, pincel, tinta acrílica, estilete e tesoura;

2) A Karen Rampon do blog Pot-Pourri da Karen, dá dicas para economizar ainda mais nos materiais, como por exemplo, utilizar a parte macia da esponja de lavar louça para substituir pincéis.

3) A minha dica, para uma combinação sem erro de estampas, é escolher três opções de papel ou tecido, sendo um estampado e os outros dois lisos. Para uma composição harmônica sugiro que os lisos sejam da mesma cor e tonalidade do estampado;

4) A Juliana Amado, do blog Casa de Amados, dá o pulo do gato para a hora de aplicar o Contact: aplicar detergente na superfície que irá receber o papel adesivo. Antes de secar já se pode manusear o papel. Isso não é demais?

5) A Lívia Marinho, do blog Ideias em Casa, diz que paciência é tudo. Ela sugere que você reserve o dobro do tempo que você acha que vai levar em um projeto Evite pular etapas, pesquise e faça experiências.


Veja aqui a matéria completa sobre o estilo Faça Você Mesmo



E agora é com você


Quero saber se já tem um lar criativo, e o que faz dele ser um? O Faça Você Mesmo veio para ficar? Ou não passa de uma tendência?

Por fim, você é uma iniciante no assunto? O que achou das dicas?

Ahhh! Já é uma expert?! Então compartilha conosco as suas dicas! Queremos saber!

E como sempre, ficarei muito feliz em saber a sua opinião!









Nenhum comentário :

Postar um comentário