23/03/2015

5 melhores dicas do Google para pintar um móvel antigo


Todo mundo tem aquele móvel já desgastado pelo tempo e com pouca beleza, que fica escondido em algum canto da casa.

Se ele for de madeira, MDF ou de algum outro aglomerado que esteja em bom estado, acredite, você está com sorte. Está na hora de tirar o seu companheiro do esconderijo e dar a vida nova que ele merece.

Uma das melhores formas de fazer isso é com a pintura, pois você consegue resultados lindos gastando pouquíssimo. Apenas tome muito cuidado para que isso não se torne um vício, pois cada vez que renova um móvel antigo, você ganha mais habilidades, deseja desafiar os seus talentos e notará que as pinturas irão evoluir a cada projeto executado. Veja o meu caso:








Se você assim como eu, é apaixonada por design, experimente algo novo na sua próxima pintura, que tal formas geométricas no seu móvel? Será ótimo pôr a sua criatividade a serviço do melhor lugar do mundo: a sua casa!

Veja aqui a história das minhas cadeiras.

Sempre quando começo um projeto novo, antes de executar eu pesquiso no Google como fazer, mesmo que não seja a minha primeira vez. Isso faz com que eu aprenda sempre mais um pouco e não superestime as minhas habilidades. Visito vários blogs, sites de fornecedores e até fóruns de decoração. No meu cardeninho vou anotando coisas que eu não sabia, sempre me surpreendo quando faço isso.

Separei para você as melhores dicas que encontrei no Google para renovar um móvel antigo, lembrando que o objetivo é fazer uma pintura inusitada, com desenhos ou texturas:

1) PENSE NO SEU DESENHO




Essa etapa vai depender da sua habilidade com o desenho, os geométricos são mais fáceis por terem bastante linhas retas. Treine a estampa num papel, depois defina a largura das listras e marque-as riscando o móvel com um lápis, com o auxílio de uma régua e se necessário esquadros.


2) PREPARE O SEU MÓVEL






2.1) Retire todos os possíveis acessórios do seu móvel, isso irá garantir que os mesmos não fiquem borrados de tinta e que toda a peça irá ficar coberta de tinta.

2.2) Use massa de madeira para corrigir possíveis lascas e imperfeições. Nessa etapa, lembre-se que menos é mais, use somente o necessário para cobrir as imperfeições. Os eventuais excessos de massa poderão ser retirados com o auxílio de uma espátula ou na lixa.

2.3) Para garantir um acabamento perfeito, lixe o seu móvel (utilize as lixas de número 100 e 150 respectivamente). Logo em seguida, limpe bem a superfície para que não fique nenhum resíduo de pó, pois impede a aderência da fita crepe. 

OBS: Tenho uma confissão, eu não lixei as minhas cadeiras nessa última transformação e me arrependo por isso. Como tinha lixado há um ano atrás para fazer a primeira pintura, julguei não ser necessário dessa vez. Ledo engano, minha cara! A pintura ficou com alguns granulados que prejudicaram principalmente no acabamento das extremidades na fita crepe, mesmo com todas as dicas que veremos a seguir.


3) USE FITA CREPE






Aplique a fita crepe para isolar as áreas que não serão pintadas. Utilize uma fita que seja de boa qualidade, ou seja, que tenha uma boa aderência, para impedir que a tinta passe por baixo dela e estrague toda a sua pintura.

OBS: Gosto de usar a fita crepe 2314 da 3M.


4) CUIDE DO ACABAMENTO



4.1) Com um pincel, passe cola branca diluída com água em cima da fita crepe já no móvel e aguarde a secagem. 

4.2) Passe uma fina camada de massa de madeira por cima da fita crepe, essa é uma outra forma de evitar eventuais vazamentos.


5) ATENÇÃO NA PINTURA





5.1) Procure utilizar a tinta na forma mais encorpada, ou seja, grossa. Pois, quanto mais diluída a tinta, mais fácil será a penetração sob a fita.

5.2) Outra dica muito importante, é fazer pinceladas de cima para baixo, para evitar esse mesmo problema.

5.3) Passe o pincel e logo em seguida um rolinho (dependendo da tinta de espuma ou de lã), aguarde aproximadamente 6 horas e dê a segunda demão, com a mesma técnica da primeira.

OBS: Para remover a fita crepe, achei dicas diversas pela internet, uns dizem que é para aguardar as 6 horas da secagem para a remoção, outros dizem que é para tirar logo em seguida. O que eu fiz? Imagine uma pessoa curiosa para ver se o resultado ficou bom! Pois bem, removi a fita meia horinha depois de pintar a segunda demão de cada listra. Deu certo! =)

Está com dúvida de qual tinta usar? Então veja esse post.










































Como diria a minha mais nova amiga blogueira, a Manu do Simplichique, seu móvel vai passar do "Uó" para "Uaaaau"! =)

Veja outras opções de móveis repaginados com pintura inusitada:









E lembre-se: A sua casa aguarda ansiosa por mais vida e mais cor, você não precisa fazer nada perfeito, só preciso que seja feito com amor.

Você vai se surpreender, se tentar pelo menos uma vez fazer algo diferente, fora da sua zona de conforto. Pense fora da caixa, sempre!

Deixe um comentário logo abaixo, adoro saber a sua opinião. Você tem alguma dica extra que deseja compartilhar? Ou até mesmo alguma dica que não concorde?


RECOMENDO A LEITURA:

Follow the Colours: Hora de renovar a cômoda

Simplichique: Como pintei a minha parede de triângulos

WikiHow: Como pintar móveis

Além da Rua Atelier: Como pintar um móvel de madeira

Homens da Casa: Como pintar parede e móvel

Casa de Colorir: Como pintar um móvel estilo Casas Bahia

Crédito das imagens: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 

O Casa Design Studio não fica só por aqui. Todos os dias compartilho o meu dia a dia, ideias e inspirações da internet nas minhas redes sociais:







Nenhum comentário :

Postar um comentário