06/02/2015

Como cultivar o bem estar da sua casa com o Feng Shui - Parte 1

Roda Ba-guá

Estava assistindo TV estes dias, quando vi uma cena de uma pessoa triste, com raiva, ela atirava pratos contra as paredes e chorava, é comum também ver pessoas nesse estado batendo, xingando alguém, planejando altas vinganças! Logo me fez pensar o quanto esses sentimentos são destrutivos.

Ao contrário do contentamento e da felicidade, que traz ações mais criativas para a nossa vida, nos sentimos animados para sair com os amigos, para escrever um poema, pintar algo, dançar, cantar, dar um mergulho no mar, enfim, tem tanta coisa boa que pode ser feita por aí.

Tem uma frase da Madre Teresa que eu adoro e diz o seguinte: "Toda vez que você sorrir para alguém, é uma ação de amor, um presente a essa pessoa, uma coisa linda!" Um sorriso é contagiante e um gesto muito simples. Experimente entrar numa sala de espera com um sorriso e aposto que todos retribuirão de volta!

A felicidade, sem dúvidas, é contagiante! Porém, a tristeza também! As duas formas de sentimentos emanam um tipo de energia, que são bem diferentes.

Foi pensando nisso tudo, que comecei a ter mais interesse em como otimizar as energias de um ambiente. Me interessei pelo Feng Shui. E com ele passei a entender que podemos criar ambientes com equilíbrio suficiente para nos proporcionar energia revigorante para a nossa vida. 

A tradução literal de Feng Shui, que tem sua origem chinesa, é vento e água, que representa o conhecimento das forças necessárias para conservar as energias positivas de um ambiente e redirecionar as energias negativas. Sim, ambas existem em um mesmo ambiente, afinal o que não é dual na vida? 

Coincidência ou não, na mesma época que estava estudando Feng  Shui, ganhei o livro Gaiamancia: A criação de ambientes harmoniosos - Belle, Maureen. Desde então despertei o interesse em fazer alterações nos ambientes de acordo com as suas energias.

E o que mais tenho gostado nisso tudo, é que o único interesse é criar uma atmosfera de felicidade e otimismo à sua volta. 

Resolvi compartilhar com você um pouco do que estou estudando. Aos pouco, sem pressa, faço algumas alterações nos meus espaços, que em breve vou mostrar aqui. Por enquanto, vamos aos estudos, espero que você goste do material abaixo, fiz com muito carinho.








UPDATE: Clique aqui para ler a parte 2: 

Bem, isso é só o começo de muito estudo e muita experimentação, a parte mais prática (e legal) ainda está por vir, como é muito conteúdo, resolvi dividir em uma série de três posts. Espero que tenha gostado e se interessado pelo assunto! =)

Se você gostou do post, não se esqueça de comentar, isso ajuda o blog a ganhar vida, entendo melhor o que está achando e me estimula, pois cada comentário é uma alegria para mim! Se acha que pode ser interessante para algum amigo, não se esqueça de compartilhar, ok? Obrigada!


5 comentários :

  1. Adorei!! Ansiosa para saber mais sobre Feng Shui!
    <3 :-)

    ResponderExcluir
  2. Oi Thamyrez!
    Eu gostei! Bastante! E já de cara, descobri que eu só achava que sabia algo sobre feng shui, mas sei é nadinha. Eu achava que era "feng shuei"e tb pronunciava Ba-guá errado! :(
    Quando vem o #2? :)

    ResponderExcluir
  3. Olá Fê!!! Que bom que gostou! Acho que você vai gostar ainda mais da parte prática! =)


    Beijos!
    Thamyrez!

    ResponderExcluir
  4. Olá Jú! Pois é, antes eu era toda ansiosa para saber a parte prática ou técnica de alguma coisa. "Perder"um tempinho se aprofundando mais na história e na filosofia já é um aprendizado em si! Pois é, essa curiosidade dos taoístas também me chamou a atenção, segundo as referências que eu li, eles eram os físicos do mundo antigo, sim! Também achei interessante colocar essa parte, porque muitas pessoas acham que Feng Shui é uma superstição, mas na China é tratado como ciência! Rs.


    Beijosss!
    Thamyrez

    ResponderExcluir
  5. Oi Karen!!! Já estou finalizando o segundo post, com a parte mais prática! Eu também pronunciava Ba-guá, errado, aprendi faz pouco tempo e achei interessante compartilhar! =)
    Também estou aprendendo e amando cada vez mais que conheço uma coisa nova, o povo chinês é muito sábio, não é mesmo?!


    Beijoooos!
    Thamyrez

    ResponderExcluir