27/06/2017

Um dia de florista na Oficina da Linoca Flores

Às vezes fico me imaginando dona de uma floricultura, compartilhando o meu amor pelas flores em forma de bouquets e arranjos. Conectando pessoas à beleza natural que vem da terra e que fazemos tão parte.
Eu sempre decoro a minha casa com flores para alimentar o meu desejo de contato com a natureza e com a beleza natural, mas meus arranjos são feitos de forma intuitiva, sem ter conhecimento de nenhuma técnica.

Recentemente participei da II Oficina Floral da Linoca e amei a experiência. Pela primeira vez tive uma vivência real de uma florista e fiquei encantada.
A designer floral Aline, mais conhecida por Linoca é super talentosa, esbanja elegância em seu trabalho e tem uma capacidade incrível de encantar com as flores.

Na oficina eu aprendi muitas coisas sobre o universo de uma florista. Aprendi como comprar flores, como escolher, quais os melhores lugares e dias para comprar na cidade do Rio de Janeiro.
Também aprendi, como conservar as flores, a limpeza dos caules e recipientes, cortes, hidratação correta da espuma floral e como usá-la. Aprendi a fazer um arranjo formal simétrico, e o arranjo desconstruído. Enfim, foi uma tarde maravilhosa, com muitos aprendizados e inspiração.
Confeccionei um buquê na técnica espiral e eu amei. Vivenciei um pouco do meu sonho de ser uma florista! Rs. Uma outra coisinha que eu amei na oficina, foi ganhar um alicate para chamar de meu. Nossa! Eu não acredito que eu fiquei esse tempo todo cortando caules de minhas flores na tesoura. Com o alicate é muito mais prático e fácil. Amei!

Mas vamos falar sobre a decoração do evento? A Aline reuniu vários parceiros maravilhosos que juntos fizeram uma verdadeira festa, com uma decor impecável, de encantar o nosso olhar. Todo o evento pode ser resumido em pura beleza, harmonia, energia boa e encantamento. Só de lembrar dessa tarde, já fico aqui sorrindo.





Além do alicate, ganhamos um bloco de anotação, apostila, ecobag e um biscoitinho delicioso.

Tudo estava impecável, o evento foi maravilhoso, com muita beleza reunida em todos os cantos.
O evento foi registrado pela Nathalia Lovati, uma fotógrafa que captura a beleza de todos os momentos.
Continue lendo >>

23/06/2017

Viagem do Casa Design Studio para SP

Quem acompanha o instagram do Casa Design Studio, deve ter visto que recentemente estive em SP. Hoje vou contar um pouquinho sobre essa viagem super especial, a primeira com o foco total em produzir conteúdo pro blog e espero que seja a primeira de MUITAS!
Sempre achei SP uma cidade inspiradora quando o assunto é design, arte, cultura e boa comida, se você quiser acompanhar um pouco da minha visita turística à cidade, veja esse post super bacaninha! :)
Estava empolgadíssima por essa viagem, como adoro fazer parcerias, estava super ansiosa para rever a Verô Kraemer do Além da Rua Atelier e conhecer a Natalia Viana do instagram nataliavianaflor.
Eu e Verô Kraemer em sua casa ateliê





Estou produzindo um conteúdo super especial para o canal do YouTube do CDS, será uma série deliciosa sobre uma tendência comportamental que está acontecendo em todos os cantos do mundo e claro aqui no Brasil, também!
Com tantas transformações acontecendo no nosso mundo, a forma como moramos também é impactada por todas essas mudanças que estamos vendo por aí.
Percebo também que as novas gerações estão vivendo uma vida mais simples, engajada e mais uma vez isso impacta na forma como moramos.
E foi pensando nessa nova forma de se colocar no mundo e viver a nossa casa de uma forma tão diferente de nossos pais, que surgiu essa vontade dentro de mim em buscar respostas à essas transições. E claro, nada mais maravilhoso do que ir atrás dessas respostas com pessoas que já vivem essa nova realidade. Uma maneira vanguarda de morar. Falarei mais sobre o projeto no próximo post!
Por enquanto quero mostrar como foi a viagem!







Viajei na quinta-feira e no dia seguinte logo na parte da manhã já estava na casa-ateliê da Vero Kraemer. O primeiro andar tem espaços generosos, repletos de trabalhos da artista, expostos com tanta harmonia que são um verdadeiro deleite para os amigos, alunos e quem mais for visitá-la.
Amei rever a Verô, ela é igualzinha ao que a gente vê em seus vídeos, uma mulher super alto astral, carinhosa e talentosa! 
No primeiro andar também tem a oficina dela, que era uma antiga garagem. Nem acreditei quando soube! Que transformação!


No sábado foi dia de encontrar a Natalia Viana em sua casa studio. É incrível como as mídia sociais deixam o conceito de intimidade mais abrangente. Pelo pouco que ela mostra de sua casa no Instagram, eu já sabia que a sala do seu apê tem uma luz natural maravilhosa e uma varandinha que é só amor cheia de plantinhas. Fiquei muito feliz de conhecer a Natalia, e ela é exatamente como o seu trabalho linda e sensível.


A Natalia nos apresentou um lugar super especial que adorei ter conhecido. Uma lojinha chamada Jardin do Centro que é um amor, com uma atmosfera encantadora. Parecia que por algum momentos não estávamos em SP.



Também tivemos tempo para passear um pouco por São Paulo e foi na Oscar Freire que conheci uma boutique de flores que me deixou encantada e apaixonada. A Flower Bar Tem cada arranjo lindo, desconstruído e inusitado com flores nobres, fiquei muito feliz em ver uma marca como essa, que se propõe a encher a vida de pessoa com a beleza das flores.





Espero que você tenha gostado das novidades, em breve voltarei para contar mais sobre o projeto do Novo Morar.

Eu não fico só por aqui, todos os dias compartilho o meu dia a dia criativo nas redes sociais!


Continue lendo >>

06/06/2017

A vibração do amarelo na decor

O amarelo é uma cor de luminosidade alta.

Seu efeito é leve, pois parece vir de cima. A luz do sol é percebida como amarela, apesar de ser incolor. 

Luz lembra leveza.

Por isso gosto de dizer que o amarelo eleva o astral de qualquer ambiente. É a cor mais brilhante do espectro e torna os espaços claros e vibrantes.

O amarelo também está presente com fartura nas flores, pois a maioria das flores que desabrocham são amarelas, como as acácias, o crisântemo, a rosa amarela, o narciso, margaridas e etc.

Na publicidade, na moda e nos trends quando desejam passar a ideia da recreação, da jovialidade e do otimismo o amarelo entra em cena, um exemplo disso são os bottons amarelos com o smile e os emojis. O amarelo é lúdico e se irradia como um sorriso.

O valor terapêutico mais óbvio dessa cor tão luminosa é a capacidade de elevar o espírito e injetar vitalidade. Uma das coisas que não podem faltar em meu ritual matinal é olhar para o sol, sentir a sua energia revigorante enquanto faço minhas mentalizações para o dia que se inicia. Essa técnica revigora e nos preenche de energia positiva. Desta forma, tons claros e brilhantes nas paredes auxiliam o fluxo de forças que geram ânimo em nossa vibração. 

Vamos à algumas dicas práticas:


O amarelo é  uma boa opção de cor para salas de estar e jantar, ou qualquer outro cômodo para a família porque promove a harmonia nas relações pessoais.


Foto: Amarguras Amarelas


Trazer flores amarelas, como os girassóis para a decoração reforça a energia abundante da terra associada ao amarelo.





Os tons de azuis são ótimos para equilibrar com a cor vibrante.

Foto: Site Casa Aberta


O amarelo e rosa quente formam uma combinação inesperada e até exótica.


Foto: Pinterest



O amarelo traz um tom vibrante e acolhedor, caso você não queira pintar toda uma parede com a cor, utilize-a na seleção dos móveis.

Foto: Histórias de Casa


O amarelo enriquece a nossa vida, seja em tonalidades quentes como açafrão intenso, um girassol alegre e ocre vivo, ou sejam em tonalidades frias como limão ácido, amarelo pálido e creme claro, abuse do amarelo e sua casa terá um aspecto sempre radiante.

Imagem de capa: Pixabay







Continue lendo >>

02/06/2017

Vídeo NOVO: Como criar o seu espaço ZEN em casa

Yeeees! Muito feliz em poder te avisar que tem VÍDEO NOVO no canal do Casa Design Studio

Yeeeees! Eu entrego esse conteúdo para você muito feliz, de verdade, to aqui toda sorridente!

Criar um espaço sagrado, de conexão ou zen é acima de tudo uma prática pessoal de entendimento sobre si mesma, que fortalece o seu sistema energético e amplifica a autoconsciência. Digo isso, porque ao montar o seu espaço zen você entrará em contato com símbolos, conceitos, novas perspectivas, imagens e neologismos que dialogam com a sua essência. Já escrevi um outro post sobre esse tema, veja aqui.



Ter um espaço só seu na sua casa aprofunda a nossa compreensão sobre como vivemos a nossa própria vida, por isso que eu digo para você que é mágico ter um cantinho desse!

Te convido para assistir o vídeo agora, espero que você se divirta e se sinta inspirada. 




Se você gostou do tema, te convido a deixar perguntas, opiniões ou compartilhar como é o seu espaço zen.

Se tem uma amiga que curte ter um espaço como esse em casa, por favor compartilhe o link com ela! <3

Para finalizar, deixo aqui o meu convite para conhecer o meu canal, ele ainda está no comecinho, mas vou amar ter a sua visita por lá também! Acesse-o por aqui.

Um abraço apertado!
Namastê!




Continue lendo >>

30/05/2017

Por que tirar os sapatos antes de entrar em casa?


Cuidados especiais na entrada da casa são essenciais para um ambiente de vida saudável e equilibrado. Um dos cuidados mais importante, é adotar o hábito de retirar os sapatos antes de entrar em casa, de modo a não levar para dentro toxinas, germes, bactérias e sujeira presentes nas solas dos sapatos.

De acordo com a cultura indiana, a porta de entrada é um importante ponto energético da casa. Isso porque o local representa a transição do mundo exterior para o interior, do público para o privado. Manter essa área sob bons fluidos evita que o ambiente seja contaminado com pensamentos e atitudes negativos, que possam vir de fora. Ao retirar os sapatos você trabalha o ato de deixar na porta o "mundo exterior".

O Feng Shui também considera importante a prática de tirar os calçados ao entrar em casa. A sabedoria oriental considera que tanto a sujeira quanto a desorganização atrapalham a harmonização dos ambientes. Outra premissa importante no Feng Shui é a energia em si da sujeira que é baixa e é trazida para dentro de casa. Imagina todas as coisas que você pisa, circulando em seu lar? Deixando rastros dessa energia negativa o tempo todo pelo chão?

Na cultura oriental esse hábito é tão forte na vida das pessoas, que muitos consideram tirar os calçados na porta de entrada um gesto de respeito, pois demonstra que não querem sujar o lugar e que têm a humildade de despir os pés para pisar naquele chão, como se faz num local sagrado.

No início, essa prática pode exigir algumas mudanças de hábitos. Para isso, será preciso fazer pequenas aquisições ou improvisar com coisas que você já tem em casa:

1- Crie um cantinho no hall  com a função de ser um local agradável para tirar os calçados.

2- Tenha um pequeno móvel perto da porta de entrada para colocar os sapatos sempre que chegar.

3- Neste móvel, coloque chinelos ou pantufas para cada morador da casa. Inclua também chinelos extras para as visitas, desta forma seus visitantes logo ficarão à vontade ao retirar os sapatos.

Como por aqui, amamos adotar o estilo Faça Você Mesmo, separei alguns DIY de sapateiras, vamos dar uma olhada:

1- Sapateira-puff de caixotes de feira




Veja o passo a passo completo aqui.

2- Adaptar um móvel para sapateira




Veja mais inspirações para sapateira aqui.

3- Sapateira clean com blocos de concreto e tábuas de madeira pinus




Veja o dono dessa casa aqui.

4- Sapateira feita do zero




Veja o passo a passo completo aqui.

Espero que esse post tenha sido útil para você e que tenha te inspirado a experimentar esse hábito. Com certeza sua casa permanecerá mais limpa e você estará mais aberto para o equilíbrio energético em sua vida. Além de tratar a sua casa como o seu lugar sagrado! <3










Continue lendo >>

22/05/2017

4 dicas para um estilo exuberante na decoração

Não é nenhum segredo que eu amo um estilo exuberante na decoração. Acredito ser uma forma dos moradores dizerem que a única validação para tudo o que se tem é o seu bom gosto.

Como estou sempre fazendo um paralelo entre a decoração e o autoconhecimento, quando vejo uma casa exuberante imagino logo moradores ousados, que colocam o medo de lado e simplesmente decoram a partir das infinitas possibilidades que surgem em sua mente, possivelmente inquieta para ideias criativas.

Desta forma, sem medo e transbordando ousadia, é natural vermos na casa de uma criativa extravagante um cômodo com perspectivas inusitadas. Sabe, quando você deixa soltar um.... "ohhhhh...."

O que eu mais gosto nessas casas é o seu tom encorajador, acessível e sincero, que pulsa nas paredes, nos mobiliários, nos tecidos, no artesanal, enfim todos os detalhes de uma casa extravagante parecem revelar a alma do artista que ali habita.

Assim como na arte, uma casa cheia de exuberância tem que ter alguns elementos que são essenciais para uma dose de harmonia, que ao meu ver são: cores, abertura, luz e intuição.

Para ilustrar cada tópico escolhi a casa da Elis Gonçalves, com as fotos do Rodrigo Ladeira do site Casa Aberta. Me apaixonei por essa casa, por acreditar que todo ser humano tem uma atmosfera pessoal, e essa atmosfera é a realização de seu trabalho, determina o seu destino e fica estampada em todo o seu redor. E só de olhar para a Elis e sua família, é fácil, muito fácil vê-los por toda a casa.












Use e abuse das cores


Cada cor tem sua própria energia vibracional, e a energia afeta cada célula do nosso corpo, podendo até nos fazer sorrir. Na casa da Elis o turquesa vivo traz uma atmosfera brilhante, alegre e ousada.

Esteja aberta




Elis queria colocar um papel de parede na sala, encontrou esse mas achou ser muito caro para colocar em todas as paredes. Foi aí que uma amiga deu a ideia de colocar só no teto, ela adorou! E olha como ficou lindo!

Esteja aberta para ideias inusitadas, para fugir dos visuais já consagrados, seguir as dicas que brotam por aí. Abra a mente para o novo!


Deixe a luz entrar


Cor combina com LUZ! Isso porque a qualidade de luz influencia diretamente na maneira como percebemos as cores presentes em um determinado espaço. O ideal é você trabalhar sempre com a luz natural e isso exigirá uma dose de observação da sua parte. O ar iluminado depende do horário, da estação, das condições climáticas e da orientação da sua casa (norte, sul, leste, oeste).

Fique atenta à iluminação da sua casa e imagine como a cor que você deseja se comportaria com os primeiros raios de sol da manhã, a luz do sol quente ou em dias nublados.

Conecte-se com a sua intuição



Não tenha medo da exuberância que brota dentro de você. Não tenha medo de levar para a decoração tudo o que você se sente inspirada.

O seu coração vibrou? Ótimo, que essa seja a sua única regra! Lembre-se que a sua casa é a expressão máxima de sua atmosfera pessoal no mundo. Por isso é que se deve, com o coração alegre, acumular cores, móveis, tecidos, arte para desenvolver um estado de espírito elevado dentro do próprio lar.

Quer espiar um pouco mais da casa da Elis? Então veja a matéria completa no site Casa Aberta.

As fotos desse post é do Rodrigo Ladeira.

Agora quero saber de ti, como você traz para a decoração tudo o que vibra em seu coração? Me conte tudo nos comentários, vou amar saber!






Continue lendo >>

18/05/2017

O meu espaço zen na revista OcaPop + dicas especiais

Além do blog, de trabalhar com decoração e design, também sou instrutora de Yoga.

Às vezes acontece de as pessoas se abrirem comigo, dizendo o quanto sofrem de ansiedade, revelam sobre uma angústia que muitas vezes não conseguem entender o porquê. Ouço inclusive, que muitas pessoas deixam de sair por conta do medo da violência.

Também é natural revelarem uma sensação de escassez como se estivesse faltando algo na vida, mas na realidade não está! E muitas vezes eu também me sinto assim, sabia?!

Por isso que venho aqui dizer para você o quanto  é importante reconhecer que esse não é o nosso estado natural, desta forma não estamos vibrando na nossa frequência mais elevada! Ao ter consciência disso podemos mudar os padrões que nos limitam de viver plenamente.

Quando recebi o convite da revista Oca Pop para participar da sétima edição com dicas para um espaço zen, meu coração encheu de alegria pela oportunidade de poder espalhar por aí a importância de termos um lugar sagrado dentro de nossa casa.

Um lugar onde podemos descascar as camadas que nos limitam a enxergar a nossa força interior. A matéria está riquíssima, com muitas dicas preciosas para criar o nosso refúgio.

Veja a matéria completa aqui e depois me conta o que achou. Estou na página 192 da revista. Lá eu falo sobre paleta de cores, texturas naturais e artesanais para a construção de um ambiente anti-digital, onde o tempo e a introspecção são os verdadeiros luxos e muitas outras coisas!



A ideia do espaço Sagrado é trazer o aspecto divino para dentro de casa.

Do ponto de vista do autoconhecimento, a nossa casa é como se fosse a nossa própria mente. O que está do lado de fora é apenas uma expressão do que está do lado de dentro. Se na sua mente já existe a conexão com o divino, possivelmente você já tem um espaço de conexão com o Sagrado em seu lar, mesmo que de forma inconsciente. Espero que com essas dicas, você tenha prepare um cantinho só seu de conexão. <3

Quando escrevi a matéria, trabalhei com os 4 elementos da natureza de forma intuitiva. Hoje, com um estudo mais aprofundado sobre as intenções que cada elemento traz como potencialidade para a nossa cura, quero compartilhar com você esse novo aprendizado, acrescentando ainda mais conteúdo à matéria da revista.

Vamos agora ver em detalhes o que cada elemento traz de conexão com o nosso SER e consequentemente com o nosso ambiente.


  • Terra: Estar presente aqui e agora, assumir o meu poder de estar inteira em mim mesma. É a limitação que traz crescimento, a poda que me fortalece e me faz entrar de forma profunda nas minhas raízes para me tornar cada vez mais estável. Materialização de ideias e projetos. Relembrar que a morte e o renascimento é o ciclo natural da vida. Estar centrada, pés no chão, ser sustentável em mim mesma, andar com as minhas próprias pernas, manifestar meus desejos e realidade. Trazer minhas visões e ideias manifestadas no plano da matéria

  • Água: Fluidez, a capacidade de entrega ao fluxo natural da vida. Representa a relação de união com o outro com empatia, harmonia e transparência.

  • Fogo: A força da realização, discernimento, clareza, foco, força de decisão, de vontade e coragem.

  • Ar: A capacidade de voar mais alto, além de mim mesma, girar no caos da vida e me perceber inteira. Minha conexão com o Todo, de que sou parte de tudo e relembrar o poder divino que habita dentro de mim (troca gasosa). Ter visões e ideias para o futuro que serão levadas para o elemento terra, ao plano da matéria.

Depois de preparar o seu cantinho, além das sugestões que compartilhei na revista, quero sugerir um exercício super especial para você. Um exercício de meditação e de escrita. O ato de escrever nos ajuda a exteriorizar tudo o que está dentro.

Entre em meditação:

1 - Coloque um mantra para criar um clima de introspecção, eu sugiro este aqui.

2 - Em seu local tranquilo, de paz e contemplação, sente-se numa posição confortável com as mãos apoiadas sobre os joelhos e as palmas das mãos voltadas para cima.

3 - A sua respiração deve ser praticada de forma lenta e suave. Inspire lenta e profundamente pelo nariz, ao exalar vá soltando o ar pela boca de forma lenta e silenciosa.

4 - Vá levando a sua atenção para o ir e vir da sua respiração, leve a sua atenção também para o mantra, se conecte com os sons à sua volta.

5 - Permaneça nesse estado até você sentir que está vibrando de forma mais serena, não force a barra. Quando você sentir cansada de estar nesse estado meditativo, vá saindo da meditação, e vamos para o próximo exercício.

Chegou a hora de você escrever sobre o poder da sua força interior, vamos fazer um exercício para nos relembrar desse poder.

Responda as perguntas abaixo:

1- Que tipo de recordações, ideias, sinais, conversas você recebeu ou tem recebido da sua intuição?

2- Em quais momentos você se considera sábia?

3- Faça uma lista dos momentos em que você sentiu que estava sendo orientada.

Aproveite o seu momento!

Até breve!





Continue lendo >>

15/05/2017

13 desafios para uma vida alegre

No início desse mês eu participei de um projeto chamado #50desafiospelavida, que reuniu muitos canais do YouTube com o objetivo de produzir conteúdos do bem para motivar e promover a vida. Aceitei o desafio e aproveitei para tirar as teias de aranhas do canal do Casa Design Studio. Amei toda a experiência, fica aqui o meu convite para assistir o meu desafio. <3

Se programe para assistir o vídeo, como ele está com um conteúdo bem extenso e cheio de dicas incríveis, talvez seja necessário reservar um tempo para assistí-lo.



Caso prefira você pode ler aqui todos os meus desafios (ou melhor, dicas) para uma vida alegre! Vamos lá!


Como muitas pessoas me perguntam sobre a minha rotina, resolvi compartilhar para o desafio detalhes  do meu dia a dia, focado em ter uma vida alegre.

Mas primeiro, vamos entender o que nos impede de termos uma vida alegre! O que nos impede que a nossa alegria transborde de dentro para fora, e quando isso acontece, acabamos condicionando a nossa alegria por circunstâncias externas. Ou seja, ela acaba por acontecer de fora para dentro. 

E é aí que mora o problema, quando a nossa alegria está condicionada pelas circunstâncias externas. E desta forma, damos espaço para a tal ansiedade.

A ansiedade, você conhece ela né? Ela é como se fosse uma “amiga" que até quer o seu bem, mas ela só te coloca para baixo. Por que? Porque quando você está ansiosa você desloca o seu pensamento, para o passado ou para o futuro, é como se você não aceitasse, ou como se você não estivesse nem aí pro seu agora, para o momento presente, para o que a vida está revelando para você AGORA. Entende?

É natural termos certos anseios, afinal é inerente, à nós, seres humanos os desejos, os sonhos, as conquistas, não é mesmo? A nossa vida muitas vezes é movida por isso, pela chegada do grande dia em que os nossos desejos e sonhos finalmente serão realizados.

Então, vamos!!!!


  • Desafio número 1: decida que hoje é especial. (Minuto - 4:47)

  • Desafio número 2: O dia especial começa na noite anterior. (Minuto 6:15)

  • Desafio número 3: Tenha um diário ou um caderno para você anotar o que aconteceu durante o seu dia, os pontos altos e os pontos baixos. Isso faz com que você comece a entender o seu comportamento para as coisas que acontecem na sua vida. (Minuto - 7:14)

  • Desafio número 4: Programe o despertador do seu celular, e deixe-o longe de você, Ok? Nada de deixar o celular do seu lado. Deixando-o longe você será obrigada a se levantar da cama, para ter que parar o despertador. (Minuto - 8:46)

  • Desafio número 5: Ao acordar, abra a janela. (Minuto - 9:28)

  • Desafio número 6: Medite de 5 a 10 minutos. (Minuto - 10:02)

  • Desafio número 7: Banho gelado (Minuto - 13:05)

  • Desafio número 8: Abrace, sorria, deseje um belo dia para quem habita o mesmo lar que você, lembre-se que hoje é especial, então torne o dia da pessoa que está mais próxima de você também especial. (Minuto - 14:54)

  • Desafio número 9: Ao tomar o café da manhã, procure fazer uma mesa bonita, sentir ao máximo o sabor do alimento, converse com os outros à mesa sobre o que está sentindo. (Minuto - 15:19)

  • Desafio número 10: Determine 3 intenções para você realizar durante o dia, planeje o seu dia, pense o que você precisa realizar hoje! Direcione a sua mente, ajude-a, faça um plano para ela. (Minuto - 16:09)

  • Desafio número 11: Deixe a sua alegria transbordar de dentro para fora, faça com que a sua alegria se irradie por todas as pessoas que cruzarem o seu caminho. Isso significa que muitas vezes, você precisará ter paciência, resiliência, muito amor, e será fácil você ter isso, se você tiver o mindset de que hoje é especial, hoje é um dia incrível, então não irá valer a pena você sair por aí recolhendo o lixo dos outros. Se uma pessoa for agressiva com você, ela está apenas colocando para fora todo o lixo mental que ela acumula, então não recolha o lixo dela. Tenha paciência! Respire! Ok? (Minuto 17:22)

  • Desafio número 12:  Ao entardecer, pare tudo o que estiver fazendo e observe o dia indo embora. Perceba as cores, os cheiros, os sons, o semblante das pessoas, o comportamento da Natureza e vá começando a desacelerar, vá enviando a informação para o seu cérebro de que esse dia já está terminando, que você fez o seu melhor hoje… Mais uma vez, se conecte com sua respiração…. (Minuto 18:37)

  • Desafio número 13: Tenha um mantra especial. (Minuto - 19:53)




E esses são os meus desafios para uma vida alegre, espero que você tenha gostado. Se esse post lhe foi útil, me ajude a compartilhar a mensagem! E também me conta o que achou do vídeo e dos 13 desafios, vou amar saber! <3







Continue lendo >>