22/05/2017

4 dicas para um estilo exuberante na decoração

Não é nenhum segredo que eu amo um estilo exuberante na decoração. Acredito ser uma forma dos moradores dizerem que a única validação para tudo o que se tem é o seu bom gosto.

Como estou sempre fazendo um paralelo entre a decoração e o autoconhecimento, quando vejo uma casa exuberante imagino logo moradores ousados, que colocam o medo de lado e simplesmente decoram a partir das infinitas possibilidades que surgem em sua mente, possivelmente inquieta para ideias criativas.

Desta forma, sem medo e transbordando ousadia, é natural vermos na casa de uma criativa extravagante um cômodo com perspectivas inusitadas. Sabe, quando você deixa soltar um.... "ohhhhh...."

O que eu mais gosto nessas casas é o seu tom encorajador, acessível e sincero, que pulsa nas paredes, nos mobiliários, nos tecidos, no artesanal, enfim todos os detalhes de uma casa extravagante parecem revelar a alma do artista que ali habita.

Assim como na arte, uma casa cheia de exuberância tem que ter alguns elementos que são essenciais para uma dose de harmonia, que ao meu ver são: cores, abertura, luz e intuição.

Para ilustrar cada tópico escolhi a casa da Elis Gonçalves, com as fotos do Rodrigo Ladeira do site Casa Aberta. Me apaixonei por essa casa, por acreditar que todo ser humano tem uma atmosfera pessoal, e essa atmosfera é a realização de seu trabalho, determina o seu destino e fica estampada em todo o seu redor. E só de olhar para a Elis e sua família, é fácil, muito fácil vê-los por toda a casa.












Use e abuse das cores


Cada cor tem sua própria energia vibracional, e a energia afeta cada célula do nosso corpo, podendo até nos fazer sorrir. Na casa da Elis o turquesa vivo traz uma atmosfera brilhante, alegre e ousada.

Esteja aberta




Elis queria colocar um papel de parede na sala, encontrou esse mas achou ser muito caro para colocar em todas as paredes. Foi aí que uma amiga deu a ideia de colocar só no teto, ela adorou! E olha como ficou lindo!

Esteja aberta para ideias inusitadas, para fugir dos visuais já consagrados, seguir as dicas que brotam por aí. Abra a mente para o novo!


Deixe a luz entrar


Cor combina com LUZ! Isso porque a qualidade de luz influencia diretamente na maneira como percebemos as cores presentes em um determinado espaço. O ideal é você trabalhar sempre com a luz natural e isso exigirá uma dose de observação da sua parte. O ar iluminado depende do horário, da estação, das condições climáticas e da orientação da sua casa (norte, sul, leste, oeste).

Fique atenta à iluminação da sua casa e imagine como a cor que você deseja se comportaria com os primeiros raios de sol da manhã, a luz do sol quente ou em dias nublados.

Conecte-se com a sua intuição



Não tenha medo da exuberância que brota dentro de você. Não tenha medo de levar para a decoração tudo o que você se sente inspirada.

O seu coração vibrou? Ótimo, que essa seja a sua única regra! Lembre-se que a sua casa é a expressão máxima de sua atmosfera pessoal no mundo. Por isso é que se deve, com o coração alegre, acumular cores, móveis, tecidos, arte para desenvolver um estado de espírito elevado dentro do próprio lar.

Quer espiar um pouco mais da casa da Elis? Então veja a matéria completa no site Casa Aberta.

As fotos desse post é do Rodrigo Ladeira.

Agora quero saber de ti, como você traz para a decoração tudo o que vibra em seu coração? Me conte tudo nos comentários, vou amar saber!






Continue lendo >>

18/05/2017

O meu espaço zen na revista OcaPop + dicas especiais

Além do blog, de trabalhar com decoração e design, também sou instrutora de Yoga.

Às vezes acontece de as pessoas se abrirem comigo, dizendo o quanto sofrem de ansiedade, revelam sobre uma angústia que muitas vezes não conseguem entender o porquê. Ouço inclusive, que muitas pessoas deixam de sair por conta do medo da violência.

Também é natural revelarem uma sensação de escassez como se estivesse faltando algo na vida, mas na realidade não está! E muitas vezes eu também me sinto assim, sabia?!

Por isso que venho aqui dizer para você o quanto  é importante reconhecer que esse não é o nosso estado natural, desta forma não estamos vibrando na nossa frequência mais elevada! Ao ter consciência disso podemos mudar os padrões que nos limitam de viver plenamente.

Quando recebi o convite da revista Oca Pop para participar da sétima edição com dicas para um espaço zen, meu coração encheu de alegria pela oportunidade de poder espalhar por aí a importância de termos um lugar sagrado dentro de nossa casa.

Um lugar onde podemos descascar as camadas que nos limitam a enxergar a nossa força interior. A matéria está riquíssima, com muitas dicas preciosas para criar o nosso refúgio.

Veja a matéria completa aqui e depois me conta o que achou. Estou na página 192 da revista. Lá eu falo sobre paleta de cores, texturas naturais e artesanais para a construção de um ambiente anti-digital, onde o tempo e a introspecção são os verdadeiros luxos e muitas outras coisas!



A ideia do espaço Sagrado é trazer o aspecto divino para dentro de casa.

Do ponto de vista do autoconhecimento, a nossa casa é como se fosse a nossa própria mente. O que está do lado de fora é apenas uma expressão do que está do lado de dentro. Se na sua mente já existe a conexão com o divino, possivelmente você já tem um espaço de conexão com o Sagrado em seu lar, mesmo que de forma inconsciente. Espero que com essas dicas, você tenha prepare um cantinho só seu de conexão. <3

Quando escrevi a matéria, trabalhei com os 4 elementos da natureza de forma intuitiva. Hoje, com um estudo mais aprofundado sobre as intenções que cada elemento traz como potencialidade para a nossa cura, quero compartilhar com você esse novo aprendizado, acrescentando ainda mais conteúdo à matéria da revista.

Vamos agora ver em detalhes o que cada elemento traz de conexão com o nosso SER e consequentemente com o nosso ambiente.


  • Terra: Estar presente aqui e agora, assumir o meu poder de estar inteira em mim mesma. É a limitação que traz crescimento, a poda que me fortalece e me faz entrar de forma profunda nas minhas raízes para me tornar cada vez mais estável. Materialização de ideias e projetos. Relembrar que a morte e o renascimento é o ciclo natural da vida. Estar centrada, pés no chão, ser sustentável em mim mesma, andar com as minhas próprias pernas, manifestar meus desejos e realidade. Trazer minhas visões e ideias manifestadas no plano da matéria

  • Água: Fluidez, a capacidade de entrega ao fluxo natural da vida. Representa a relação de união com o outro com empatia, harmonia e transparência.

  • Fogo: A força da realização, discernimento, clareza, foco, força de decisão, de vontade e coragem.

  • Ar: A capacidade de voar mais alto, além de mim mesma, girar no caos da vida e me perceber inteira. Minha conexão com o Todo, de que sou parte de tudo e relembrar o poder divino que habita dentro de mim (troca gasosa). Ter visões e ideias para o futuro que serão levadas para o elemento terra, ao plano da matéria.

Depois de preparar o seu cantinho, além das sugestões que compartilhei na revista, quero sugerir um exercício super especial para você. Um exercício de meditação e de escrita. O ato de escrever nos ajuda a exteriorizar tudo o que está dentro.

Entre em meditação:

1 - Coloque um mantra para criar um clima de introspecção, eu sugiro este aqui.

2 - Em seu local tranquilo, de paz e contemplação, sente-se numa posição confortável com as mãos apoiadas sobre os joelhos e as palmas das mãos voltadas para cima.

3 - A sua respiração deve ser praticada de forma lenta e suave. Inspire lenta e profundamente pelo nariz, ao exalar vá soltando o ar pela boca de forma lenta e silenciosa.

4 - Vá levando a sua atenção para o ir e vir da sua respiração, leve a sua atenção também para o mantra, se conecte com os sons à sua volta.

5 - Permaneça nesse estado até você sentir que está vibrando de forma mais serena, não force a barra. Quando você sentir cansada de estar nesse estado meditativo, vá saindo da meditação, e vamos para o próximo exercício.

Chegou a hora de você escrever sobre o poder da sua força interior, vamos fazer um exercício para nos relembrar desse poder.

Responda as perguntas abaixo:

1- Que tipo de recordações, ideias, sinais, conversas você recebeu ou tem recebido da sua intuição?

2- Em quais momentos você se considera sábia?

3- Faça uma lista dos momentos em que você sentiu que estava sendo orientada.

Aproveite o seu momento!

Até breve!





Continue lendo >>

15/05/2017

13 desafios para uma vida alegre

No início desse mês eu participei de um projeto chamado #50desafiospelavida, que reuniu muitos canais do YouTube com o objetivo de produzir conteúdos do bem para motivar e promover a vida. Aceitei o desafio e aproveitei para tirar as teias de aranhas do canal do Casa Design Studio. Amei toda a experiência, fica aqui o meu convite para assistir o meu desafio. <3

Se programe para assistir o vídeo, como ele está com um conteúdo bem extenso e cheio de dicas incríveis, talvez seja necessário reservar um tempo para assistí-lo.



Caso prefira você pode ler aqui todos os meus desafios (ou melhor, dicas) para uma vida alegre! Vamos lá!


Como muitas pessoas me perguntam sobre a minha rotina, resolvi compartilhar para o desafio detalhes  do meu dia a dia, focado em ter uma vida alegre.

Mas primeiro, vamos entender o que nos impede de termos uma vida alegre! O que nos impede que a nossa alegria transborde de dentro para fora, e quando isso acontece, acabamos condicionando a nossa alegria por circunstâncias externas. Ou seja, ela acaba por acontecer de fora para dentro. 

E é aí que mora o problema, quando a nossa alegria está condicionada pelas circunstâncias externas. E desta forma, damos espaço para a tal ansiedade.

A ansiedade, você conhece ela né? Ela é como se fosse uma “amiga" que até quer o seu bem, mas ela só te coloca para baixo. Por que? Porque quando você está ansiosa você desloca o seu pensamento, para o passado ou para o futuro, é como se você não aceitasse, ou como se você não estivesse nem aí pro seu agora, para o momento presente, para o que a vida está revelando para você AGORA. Entende?

É natural termos certos anseios, afinal é inerente, à nós, seres humanos os desejos, os sonhos, as conquistas, não é mesmo? A nossa vida muitas vezes é movida por isso, pela chegada do grande dia em que os nossos desejos e sonhos finalmente serão realizados.

Então, vamos!!!!


  • Desafio número 1: decida que hoje é especial. (Minuto - 4:47)

  • Desafio número 2: O dia especial começa na noite anterior. (Minuto 6:15)

  • Desafio número 3: Tenha um diário ou um caderno para você anotar o que aconteceu durante o seu dia, os pontos altos e os pontos baixos. Isso faz com que você comece a entender o seu comportamento para as coisas que acontecem na sua vida. (Minuto - 7:14)

  • Desafio número 4: Programe o despertador do seu celular, e deixe-o longe de você, Ok? Nada de deixar o celular do seu lado. Deixando-o longe você será obrigada a se levantar da cama, para ter que parar o despertador. (Minuto - 8:46)

  • Desafio número 5: Ao acordar, abra a janela. (Minuto - 9:28)

  • Desafio número 6: Medite de 5 a 10 minutos. (Minuto - 10:02)

  • Desafio número 7: Banho gelado (Minuto - 13:05)

  • Desafio número 8: Abrace, sorria, deseje um belo dia para quem habita o mesmo lar que você, lembre-se que hoje é especial, então torne o dia da pessoa que está mais próxima de você também especial. (Minuto - 14:54)

  • Desafio número 9: Ao tomar o café da manhã, procure fazer uma mesa bonita, sentir ao máximo o sabor do alimento, converse com os outros à mesa sobre o que está sentindo. (Minuto - 15:19)

  • Desafio número 10: Determine 3 intenções para você realizar durante o dia, planeje o seu dia, pense o que você precisa realizar hoje! Direcione a sua mente, ajude-a, faça um plano para ela. (Minuto - 16:09)

  • Desafio número 11: Deixe a sua alegria transbordar de dentro para fora, faça com que a sua alegria se irradie por todas as pessoas que cruzarem o seu caminho. Isso significa que muitas vezes, você precisará ter paciência, resiliência, muito amor, e será fácil você ter isso, se você tiver o mindset de que hoje é especial, hoje é um dia incrível, então não irá valer a pena você sair por aí recolhendo o lixo dos outros. Se uma pessoa for agressiva com você, ela está apenas colocando para fora todo o lixo mental que ela acumula, então não recolha o lixo dela. Tenha paciência! Respire! Ok? (Minuto 17:22)

  • Desafio número 12:  Ao entardecer, pare tudo o que estiver fazendo e observe o dia indo embora. Perceba as cores, os cheiros, os sons, o semblante das pessoas, o comportamento da Natureza e vá começando a desacelerar, vá enviando a informação para o seu cérebro de que esse dia já está terminando, que você fez o seu melhor hoje… Mais uma vez, se conecte com sua respiração…. (Minuto 18:37)

  • Desafio número 13: Tenha um mantra especial. (Minuto - 19:53)




E esses são os meus desafios para uma vida alegre, espero que você tenha gostado. Se esse post lhe foi útil, me ajude a compartilhar a mensagem! E também me conta o que achou do vídeo e dos 13 desafios, vou amar saber! <3







Continue lendo >>

08/05/2017

Conheça o apartamento de campo Vivre e toda sua poesia

Conhecer o apartamento de campo Vivre, foi uma experiência afetuosa e encantadora. A proprietária Elaine Vidal construiu um refúgio contemporâneo com ares de casinha da montanha, que hoje acolhe hóspedes com interesses em design e decoração.

Assim que cheguei fiquei encantada com o espaço. O apartamento por ser no térreo, tem um jardim generoso e com verde convidativo despertando o desejo de estender a esteira e passar horas admirando a paisagem.

A manhã de sábado estava linda, com um ar iluminado que deixava o verde ainda mais vibrante. Logo quando chegamos no espaço, ao passar pelo portão de metal parecia que a atmosfera tinha mudado, revelando um lugar mágico.

Imagina, chegar e ser recebida pela Diana Gondim aquarelando o verde do entorno da casa!





O espaço é cheio de personalidade refletindo o alto astral da Elaine e o seu estilo despojado, é um verdadeiro convite para se desligar do mundo. Aliás, esse foi um dos temas mais abordados em nossas conversas; a vontade de desacelerar, de se conectar e estar por inteiro no que se está vivendo.

Cada cantinho traz uma história, um encantamento, uma peça que inspira o olhar. A temporada Poésie tem um efeito calmante, com uma decoração que exalta a leveza, o aconchego e o descontraído.



 Passar um dia nesse apartamento do campo é sem dúvidas, um lembrete que o verdadeiro luxo é ter tempo para aproveitar a vida com a família e com os amigos.









Na decoração amei ver vários itens elegantes de designers, novos artistas e marcas brasileiras que trazem uma abordagem poética na criação do produto. Foi muito bom ver peças cheias de charme, como da minha amiga Iná do blog Nosso apê.


Se você gostou do conceito e tem interesse em conhecer e se hospedar no espaço Vivre, é só enviar um e-mail para vivre@vivretemporada.com.br :)

Para acompanhar e se inspirar ainda mais, conheça o Instagram do espaço Vivre



Continue lendo >>

04/05/2017

Entenda a sua relação com a casa


Por passar tanto tempo da minha vida dentro de casa, começo a compreender que o meu estado mental, o meu relacionamento comigo mesma e a maneira pela qual eu me expresso no mundo estão intimamente ligados com os sentimentos que eu tenho dentro de casa e a minha relação com ela.

O espaço que habitamos é muito mais do que uma sustentação de tijolos e paredes. Cada cantinho do nosso ambiente possui uma estrutura que anima (ou não) os diferentes níveis e aspectos da nossa alma.

Com os olhos bem atentos para o seu entorno, fica fácil observar que a relação casa e habitantes é um termômetro da dinâmica energética dos que ali moram. 

Às vezes podemos nos sentir em um verdadeiro redemoinho em nossa própria casa, nos sentindo sem energia, com estados de desânimo e letargia. 

Quando reconhecemos essa ligação, passamos a ter consciência que a bagunça, a desordem, a falta de cores, a falta de iluminação significam que há padrões e condicionamentos estagnados em nossa mente. E isso complica a vida e até os relacionamentos. 

A boa notícia é que temos o poder de transformar as limitações em oportunidades de crescimento e viver a realidade que verdadeiramente desejamos.

Eu amo decorar e deixar a minha casa bem colorida, e sei que isso não está apenas impresso estruturalmente, mas também está presente nos meus aspectos emocionais, espiritual e intelectual. Não tenho medo das cores vibrantes, de novos materiais e novas arrumações, na mesma medida que não tenho medo de decisões arriscadas, novas experiências, desafios, mudanças repentinas e até mesmo do fracasso.




Compreende como tudo está conectado? Cada cantinho da nossa casa está preenchido de força vital e energia. Cada uma de nós tem a capacidade de sentir, mudar, canalizar e dirigir essas energias para criar condições positivas e manifestar bem estar, acalmando o nosso coração.

A nossa casa é algo vivo. E ela está sendo modelada a todo instante pelos nossos programas mentais, emocionais e culturais. E é possível transformá-la em um ambiente rico, saudável e luminoso a medida que transformações internas acontecem em nosso ser.

Podemos reprogramar nossa casa para uma nova realidade, mas antes precisamos reprogramar nossos pensamentos.

As suas atitudes são os seus pensamentos, o nosso entorno é apenas o efeito. Os pensamentos são a causa. Você é responsável por si mesmo. Quando sentir-se bem for a sua prioridade, essa frequência magnífica será irradiada e afetará a todos e a tudo que estiver ao seu redor.


Pôster feito por mim com todo o carinho para a Revista Oca Pop, baixe o seu aqui.




Meditações e conexões energéticas nos ajudam a manter as rédeas de nossos pensamentos. É preciso manter o foco em todas as coisas maravilhosas ao nosso respeito, pois o nosso entorno é um reflexo de tudo o que pensamos.

Você tem a chance de escolher como deseja viver a sua realidade, mas deve ser clara quanto aos seus desejos e cultivar pensamentos elevados.




Pesquisando sobre essa ligação mente/casa na web, encontrei uma oração brasileira conhecida como "A consagração do ambiente". Eu achei muito profunda e de natureza universal, sem ligação com nenhuma religião. 

Afirmar diariamente, intenções positivas, motivadas pelo seu Eu interior é uma forma eficaz, para gerar ações e atitudes que trarão mais luz e harmonia para a sua vida.

No seu momento de orações ou meditação, inclua essas lindas palavras:

CONSAGRAÇÃO DO APOSENTO:

(pode ser feita nos lares, individualmente ou em família)

"Dentro do círculo infinito da divina presença que me envolve inteiramente, afirmo:

Há uma só presença aqui, é a da Harmonia, que faz vibrar todos os corações de felicidade e alegria.

Quem quer que aqui entre, sentirá as vibrações da Divina Harmonia.

Há uma só presença aqui, é a do Amor. Deus é o Amor que envolve todos os seres num só sentimento de unidade. Este recinto está cheio da presença do Amor. No Amor eu vivo, me movo e existo. Quem quer que aqui entre, sentirá a pura e santa presença do Amor.
Há uma só presença aqui, é a da Verdade. Tudo que aqui existe, tudo que aqui se fala, tudo que se pensa é a expressão da Verdade. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Verdade.

Há uma só presença aqui, é a da Justiça. A Justiça reina neste recinto. Todos os atos aqui praticados são regidos e inspirados pela Justiça. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Justiça.

Há uma só presença aqui, é a presença de Deus o Bem. Nenhum mal pode entrar aqui. Não há mal em Deus. Deus, o bem, reside aqui. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença divina do Bem.
Há uma só presença aqui, é a presença de Deus a Vida. Deus é a Vida essencial de todos os seres. É a Saúde do corpo e da mente. Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Vida e da Saúde.
Há uma só presença aqui, é a presença de Deus a Prosperidade. Deus é Prosperidade, pois Ele faz tudo crescer e prosperar. Deus se expressa na Prosperidade de tudo o que aqui é empreendido em seu nome. Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Prosperidade e da Abundância.
Pelo símbolo esotérico das Asas Divinas estou em vibração harmoniosa com as correntes universais da Sabedoria, do Poder e da Alegria.

A presença da Divina Sabedoria manifesta-se aqui. A presença da Alegria Divina é profundamente sentida por todos os que aqui penetram.


Na mais perfeita comunhão entre o meu Eu Inferior e o meu Eu Superior, que é Deus em mim, consagro este recinto a mais perfeita expressão de todas as qualidades divinas que há em mim e em todos os seres.

As vibrações do meu pensamento são forças de Deus em mim, que aqui ficam armazenadas e daqui se irradiam para todos os seres, constituindo este lugar um centro de emissão e recepção de tudo o quanto é Bom, Alegre e Próspero."





Se esse post foi útil, compartilhe com as suas amigas que acreditam no poder da intenção. E depois me conta se você também tem uma prática infalível para se manter em harmonia. Vamos trocar figurinhas? =)




Continue lendo >>

28/04/2017

DIY COLETIVO: faça o seu prato alto e aprenda decoupage

Abril foi o mês da cozinha no DIY Coletivo, como concordo que esse cômodo é o coração da casa e há tempos não fazia um projetinho para a minha cozinha resolvi entrar na brincadeira mesmo com o mês chegando ao fim.

Aqui em casa o chá da tarde é presença garantida, tem dias que saboreamos pãezinhos, bolo quentinho ou biscoitos. Na realidade não importa o que exatamente comemos, mas é um momento de pausa. Quando você está sempre fazendo-fazendo-fazendo, a presença se perde. 

Quando você percebe: minha vida está acontecendo AGORA, não mais tarde, nem ontem, mas agora, você adiciona qualidade ao momento. Muitas vezes, são nos momentos da pausa, do não fazer que nos damos conta o quão rica já é a nossa vida.

O DIY desse mês foi pensado para esse momento especial, de pausa que é celebrado todos os dias aqui em casa. Pensei no prato alto para tornar esse momento ainda mais rico. E assim espero te inspirar a fazer um também para deixar o seu momento do café ou chá mais festivo, para que você recorde sempre de celebrar!

Venha, vamos fazer juntas!

Você vai precisar de:




  • cola branca;
  • cola permanente;
  • alcool,
  • verniz fosco;
  • estilete;
  • lixa de unha;
  • prato de vidro;
  • taça;
  • guardanapo para decoupage.


E agora, o passo a passo que é muito simples de ser feito:

Limpe o prato com um pano embebido de álcool para remover possíveis resíduos, desta forma garantimos que a superfície fica apta a receber os produtos necessários à técnica do decoupage.

Dilua um pouco de água na cola branca e em seguida retire as duas camadas excedentes do guardanapo. Com o pincel, passe a cola em toda a parte detrás do prato.



Depois de aplicar a cola em toda a área, com muito cuidado passe aplique o guardanapo, e vá passando um saco plástico bem de leve por cima, para garantir que nenhum pedaço fique mal colado ou com bolha.

Retire as sobras com o estilete ou lixe-as e deixe o prato secar por aproximadamente 4 horas.

A hora da mágica: com a cola permanente cole a base da sua taça no centro do prato. E está pronto.



Duas coisas relacionadas à estética que eu amei nesse objeto. A primeira é a mistura de estilos, a estampa moderninha, releitura do pattern Unikko, feito pela designer Maija Isola com uma taça para sobremesa com estilo cinquentinha. E o meu segundo encantamento é a transparência.








Agora o chá da tarde vai ficar, tão chique.... você também achou?

O DIY Coletivo é um projeto muito especial para mim, me enriqueceu demais quando participava da equipe SOS Decor em 2014 e 2015. Hoje, outras blogueiras super talentosas estão no comando, fazendo esse coletivo transbordar ainda mais amor, parceria e criatividade.

Dá uma olhada nos projetos delas com o tema "delícia de cozinha":

- Manu, Simplichique
- Naya, Nayarts


















































Eu não fico só por aqui. Todos os dias compartilho o meu dia a dia, ideias e inspirações nas minhas redes sociais:







































Comece pelo prato

Continue lendo >>

24/04/2017

MAIS COR POR FAVOR: minha sala antes e depois


Nunca vou me cansar de dizer que nada muda um ambiente como as cores!

Aqui em casa, onde posso coloco uma dose de cor, mas como moro com a minha mãe as minhas criações só tinham liberdade no meu quarto e na cozinha.  Como a sala, é o xodó dela, pouco era permitido inventar. Pintar parede então, só chamando a Thalita e sua equipe mesmo!

Hoje quero compartilhar com você a minha sala depois do programa Mais Cor Por Favor!

Thalita Carvalho, trouxe sua experiência em recuperação de móveis e objetos para inspirar a minha mãe a renovar a sala com ideias simples, de baixo custo e com muita cor.  Os resultados foram a-pai-xo-nan-tes e eu estou vivendo um lindo romance pela minha nova sala colorida.


Já fazem 6 meses que estamos nos relacionando com a nova sala e sendo influenciadas pelas cores e pela nova disposição dos móveis, só posso dizer que a nossa vida mudou, para melhor! 

Bora ver as fotos do antes e depois, e conferir algumas dicas que garimpei como aprendizado com essa experiência!

Mas calma, antes pega um café ou uma bebida geladinha para você curtir o post, pois lá vem história!!!!




Vendo essas fotos eu simplesmente NÃO consigo acreditar que essa sala branca da Silva um dia reinou aqui em casa. Mas vamos manter o foco, vamos para as dicas!


DEPOIS


1- A INSPIRAÇÃO LEVA A AÇÃO


Tenha um ponto de referência para conhecer seus hábitos, seus gostos, suas cores preferidas, sua história de vida, lembranças e o que mais se relacionar com você. É a partir deste conhecimento que você poderá fazer mudanças e ter resultados que estejam alinhados com o que te faz feliz.

Levar em conta seus hábitos e estilo de vida pode e deve influenciar a disposição dos móveis, a funcionalidade e até as cores da sua decoração. É deste ponto que eu e Juliana Amado nos guiamos antes de pensar em qualquer projeto de decor, já até escrevemos no livro Decorar é sobre se conhecer, tudo o que pensamos sobre o assunto. Nós acreditamos que quando a gente se conhece, se torna muito mais fácil identificar as coisas que fazem nossa alma sorrir.

Na nossa casa a Thalita se inspirou no universo do artesanato brasileiro tão rico em cores e criatividade. As festas regionais também tiveram voz no projeto, o crochê e imagens religiosas, já que a fé da minha mãe sempre esteve presente na nossa casa.

Ela também trouxe o meu poema preferido para a decoração e arte para a maior parede da sala. Tudo muito bem alinhado com os meus gostos e da minha mãe.




2- SEJA OUSADA NAS CORES

Decorar com cor é o que torna o seu cômodo ainda mais pessoal. Trabalhe com a paleta de cores que você gosta e sempre ficará feliz com o resultado. Entretanto, não tenha medo de experimentar.

Quando a Thalita anunciou as novas cores da sala, quase entrei em choque. Eram tons muito novos para mim. Eu jamais imaginaria uma parede vermelha na minha casa, combinada com uma parede roxa então, pensei: "Meu Deus, a Thalita ficou crazy?"

Mas não, ela não ficou crazy. Ela só foi ousada, buscando combinação de cores que pertenciam às paletas de cores de todas aquelas referências que citei acima.

Hoje eu olho para esse cômodo e ainda me surpreendo com os tons intensos, opostos e contrastantes. A vibração dessas cores manifestam uma vontade de transformar e de ir além que é energizante.




3- IDEIAS SIMPLES E DE BAIXO CUSTO


A minha sala ficou nova após o programa, porém a maior parte do mobiliário é antigo. O truque está em dar uma nova cara aos móveis, tinta nas paredes e trocar tudo de lugar. 

Uma outra dica é fazer os seus próprios móveis, aqui foram feitos o rack e o banco da janela com madeira pinus.

O sofá que estava com os seus dias contados virou outro com uma manta maravilhosa de crochê da Crochetteria.

Nessa edição, a gente escolhia um desapego de um outro participante para repaginar e dar vida a um móvel antigo. No nosso caso escolhemos uma mesa de centro que tem mais de 30 anos.

Eu e Thalita reformamos o móvel, ela me ensinou como utilizar a serra-copo para abrir espaços no tampo e criar nichos para vasinhos de planta. Preciso dizer que foi um momento inesquecível?

Para aprender também como utilizar a serra-copo, veja o vídeo aqui.






4- VALORIZE A SUA JANELA

Transforme a sua janela em um objeto de decoração. Foi o que a Thalita fez, criando um banco de madeira pinus, com a medita exata da janela. Onde eu posso meditar, contemplar a paisagem e ver o pôr do sol. Ela também montou um cantinho do café. Preciso dizer que eu amo esse cantinho?




5- TRAGA A SUA FÉ PARA A DECORAÇÃO

Thalita valorizou e incluiu todos os santinhos da minha mãe que estavam espalhados pela sala. Ela trouxe a religião para a decor com uma abordagem moderna e aconchegante.

Sempre dei importância aos símbolos que alimentam as nossas crenças na decoração, mesmo acreditando que para se conectar basta estar com o coração aberto. Desta forma, não precisa ter um espaço como o meu, talvez um símbolo na parede já te faça lembrar do que verdadeiramente importa nessa vida.




6- CUIDE DA DISPOSIÇÃO DOS MÓVEIS

O que mais me incomodava na sala antiga não era a sua palidez, mas a disposição dos móveis. A escolha correta do tamanho do mobiliário e a sua posição no ambiente fazem toda a diferença para o nosso bem estar em um ambiente.

Thalita reorganizou os móveis, colocando a mesa de jantar perto da janela. A TV e o sofá eram próximos demais, na nova sala ganharam mais distância um do outro, aumentando a circulação.




7- TENHA UMA REDE DE APOIO

Convide seus amigos e familiares para te ajudar na reforma, vai ser divertido ter a companhia e apoio deles, além de economizar bastante na mão de obra. Aposto que você tem uma amiga prendada, um namorado faz tudo, primos mão na massa, até troca de favores está valendo nessa hora!

E agora, rufem os tambores!!!! Vamos comparar ANTES E DEPOIS?




Tô muito feliz com a minha nova sala e adorei ter vivido toda essa experiência. Queria poder voltar no tempo e viver tudo de novo, de tão especial que foi. Só tenho a agradecer à Thalita e toda sua equipe maravilhosa pelo trabalho lindo que fizeram na minha casa.

Agora te deixo com a Thalita, para te apresentar em vídeo como ficou a minha sala. Vela a pena conferir. Clique na foto e veja todos os detalhes do projeto.



E aí curtiu a transformação da minha sala? Sei que é difícil escolher, mas qual o cantinho que você mais amou? 



















Continue lendo >>