09/03/2017

10 musas inspiradoras quando o assunto é empoderamento feminino


Ah, mulher admirável...
Seja bem vinda...
Entre, entre...
Estou esperando por você... é, por você e pelo seu espírito! Fico feliz por você ter conseguido encontrar o caminho.
Venha, sente-se comigo um pouco. Pronto, vamos fazer uma pausa, deixando de lado todos os nossos "inúmeros afazeres". Haverá tempo tempo suficiente para todos eles mais tarde. Em um dia distante, quando chegarmos às portas do paraíso, posso lhe garantir que ninguém vai nos perguntar se limpamos bem as rachaduras na calçada. O que é mais provável é que no portal do paraíso queiram saber com que intensidade escolhemos viver; não por quantas "ninharias de grande importância" nos deixamos dominar.


O post de hoje começou com um trechinho do livro "A ciranda das mulheres sábias" de Clarissa Pinkola Estés, achei uma forma acolhedora, como se fosse uma abraço bem apertado e fraterno para de te dar boas vindas nessa semana especial, que acontece o Dia Internacional da Mulher.

Hoje quero apresentar 10 musas inspiradoras que me inspiram e me encorajam quando o assunto é empoderamento feminino + criatividade + estilo de vida + espiritualidade. 

Mulheres que me recordam o tempo todo que apenas a minha aparência é frágil, e na realidade sou uma potência que nutre o meu dia a dia em todas as fases da minha vida.

Mulheres que me ensinam a me desligar do mundo tecnológico e rotineiro, para  descobrir mais sobre mim mesma, percebendo melhor os meus instintos, minhas vontades e meus ciclos femininos.

Estar em contato com elas, mesmo que apenas pela sua arte, pelas suas palavras escritas, ditas ou cantadas são para mim como se  uma nova consciência me abraçasse. Espero que a visão abrangente dessas mulheres também te inspire.

Clarissa Pinkola Estés



Poetisa premiada, escritora e psicanalista junguiana, ela é conhecida por combinar mitos e histórias com análises de arquétipos e comentários psicanalíticos. Desde o seu primeiro livro, Mulheres que correm com os lobos, inspira mulheres em todo o mundo em seu resgate interior. Seus textos já trouxeram muita cor à vários dias cinzentos de minha vida, por isso sou muito grata à ela e hoje te indico todos os livros dessa querida.

Glenda Salgueiro




Artista, mãe, esposa, guerreira, um ser iluminado que tenho o prazer de ter em minha vida. Com a Glenda aprendi que a verdadeira criatividade está no amor seja por uma pessoa, uma palavra, uma imagem, uma ideia, uma causa, pelo país ou pela humanidade. Ela traduz todo o seu amor e sensibilidade, pintando o que tiver na sua frente.

Conheça o trabalho dela aqui.

Lisa Sonora




Artista visual,  arteterapeuta e empreendedora criativa. Lisa me inspira com o seu vasto trabalho sobre criatividade, expansão da consciência, saúde + autocura, empreendedorismo, viagens. Ela nos ensina a expandir nosso conhecimento sobre todos esses temas a partir da abordagem simbólica presente na arte visual, nos ajudando a entender toda a nossa complexidade, facilitando o nosso processo de pacificação interior e conquista de nossos desejos mais profundos.

Conheça o trabalho dela aqui.

Morena Cardoso




Morena Cardoso é a diva da minha vida. Ela é uma buscadora de si mesma, em mais de uma década de jornada pelos saberes tradicionais, lugares sagrados e povos ancestrais, Morena testemunha diferentes formas de vida, mitos, crenças, sistemas simbólicos, costumes e rituais. Com ela aprendo a relacionar a minha alma feminina com a natureza, um enorme aprendizado.

Conheça o trabalho dela aqui.

Nathalia Lovati




Fotógrafa com uma sensibilidade e paz de espírito que me inspira. Através de suas fotos ela parece captar a alma das pessoas, transformando-as em poesia. O seu trabalho me toca de uma forma, que me faz lembrar o quanto é especial viver. Tenho muita sorte de tê-la em minha vida sua sabedoria é incrível para uma mulher de apenas 21 anos.

Conheça o trabalho dela aqui.

Frida Kahlo




Uma artista revolucionária que teve uma vida de superações e sofrimentos que foram refletidos em suas obras de arte, tornando-se uma das maiores pintoras de nossa história, hoje ela é um ícone de inspiração para mulheres em todo o mundo. Muito amor pela força de Frida!

Rafa Cappai




Uma artista multi potencial e empreendedora criativa, que inspira milhares de criativos que arte e empreendedorismo podem e devem andar juntos, ela nos encoraja a andar pelo caminho do meio entre o propósito de nossas vidas e o dinheiro, indispensável em nossa sociedade. Rafa faz esse trabalho lindo com todos os artistas que querem viver de sua arte.

Conheça o trabalho dela aqui.

Odila Freire




Artista, arquiteta e dona de um estilo pessoal marcante. Tenho a oportunidade de ter uma pintura dela em minha casa e já assisti suas aulas incríveis sobre sua técnica. Odila me inspirou quando me contou a decisão que ela tomou anos atrás, em largar o mundo corporativo para abrir o seu ateliê. Desde então vem afirmando o seu estilo único, e irreverente.

Conheça o trabalho dela aqui.

Ariana Schlosser




Especialista em liberdade emocional, educadora espiritual e palestrante. Ariana é maravilhosa, adoro os seus vídeos e cada vez que os assisto, sinto que houve uma transformação profunda dentro do meu ser. Ela me ensina a ter mais inteligência emocional e acho que ela também pode te ajudar! =)

Conheça o trabalho dela aqui.

Beyonce




Diva das divas é a nossa querida Bey. Que mulher, quanta força ela traz em sua arte para inspirar mulheres de todo o mundo, é uma ativista da causa das mulheres disfarçada de cantora. Rs. Em seus shows fica claro que o seu trabalho é uma verdadeira descoberta do propósito de sua alma. Só tenho a agradecer pelo trabalho incrível dela, que utiliza a música para nos lembrar do quanto somos fortes, guerreiras, musas e mulheres perfeitas.

Conheça o trabalho dela aqui.


E você, quem são suas musas inspiradoras?

Veja os outros posts em homenagem ao Dia Internacional da Mulher:

- Designer finlandesa ensina como não ser conformista;

- A representação da mulher para as meninas: Os arquétipos femininos




Continue lendo >>

07/03/2017

A representação da mulher para as meninas: Os arquétipos femininos


Essa semana está sendo especial aqui no Casa Design Studio, os posts até sexta-feira são especiais para o empoderamento feminino em homenagem ao Dia Inaternacional da Mulher.

A nossa identidade recebe forte influência da nossa cultura e da nossa criação. Podemos nos relacionar com personagens antigos ou da moda que são carregados de imagens que atuam no inconsciente da nossa pisique.

Existem diversos modelos femininos que a menina conhece a partir da infância através de contos, filmes, teatro e novelas que se tornam aprendizados relacionados aos valores e comportamentos necessários para que a sua vida se desenvolva.

Em geral os estímulos que são dados às meninas a partir de diversos personagens incentivam que elas sejam meigas, delicadas, cuidadoras, mães, caseiras, esposas e belas. Já os meninos são encorajados a serem agressivos, ativos, aventureiros e independentes.

As diferenças referentes ao comportamento entre os sexos não são naturais, mas construídas socialmente. Desde criança, são os personagens que nos dão apoio para nos expressarmos e explorarmos nossa existência. Quando estudei Desenho Industrial, passei a entender que os personagens de contos não estão ali por acaso, existe sempre a construção de uma personalidade por trás.

Carl Jung, fundador da psicologia analítica, aprofundou o entendimento sobre os arquétipos (personagens) na psicanálise e os definiu como "fantasias, imagens ou sentimentos que vivem profundamente no inconsciente da humanidade." Os arquétipos da figura materna, do herói e da princesa, são alguns exemplos de imagens que todas nós temos no nosso imaginário, desde pequenas, independente de onde fomos criadas, do país que vivemos ou das nossas crenças.

Os arquétipos estão presentes nos mitos, lendas e contos de fada, pois dão o verdadeiro significado para essas histórias e as conectam a nós, seres humanos.

Cada pessoa faz uma leitura ou se conecta de forma diferente com um arquétipo, de acordo com a sua relação com o mundo e consigo mesmo, suas experiências de vida, memórias e desejos. Algumas mulheres, por exemplo, são mais românticas, sonhadoras e têm o desejo de encontrar a sua alma gêmea. Outras mulheres podem ter um desejo de realizar um ato heroico, vontade de sair explorando o mundo e enriquecer.

Em geral a escolha de um arquétipo se dá pelo personagem que está mais próximo da sua essência, ou o que corresponde ao o que a sua família espera ou um arquétipo que é o oposto de como se vive.

Em culturas antigas as deusas eram os arquétipos aos quais meninas eram expostas desde a infância, mas na nossa cultura, os arquétipos femininos vieram sobre tudo da televisão e dos contos de fada.

Vamos ver alguns arquétipos femininos da década de 90, personagens que influenciaram muito as mulheres de hoje:

Penélope Charmosa



Mulher dinâmica, inovadora, atrevida e sexy. Ela impõe seu mundo cor de rosa onde for.


Betty Boop



Diva sensual sem medo de atrair a atenção dos homens.

Mônica



Arquétipo de uma mulher guerreira que expressa as qualidades do planeta Marte: direta, impulsiva e com forte instinto de sobrevivência.

Cinderela



Mulher que alcança a felicidade somente após grandes sofrimentos.

Olívia Palito




 Mulher companheira,  amiga do parceiro, sem vaidade e sem sensualidade.

A Bela Adormecida



Mulher que depende de um homem para estar viva, somente através do homem pode expressar paixão e prazer de viver.

Mulher Maravilha



Representação da força feminina, ela usa todos os seus poderes pela paz e para salvar a todos.

Pocahontas



Mulher selvagem, natural, honesta e pronta para lutar por causas justas.

Mulan



Mulher jovem, guerreira e corajosa.

Branca de Neve



Mulher jovem, meiga, humilde, solidária, adora os animais da floresta e tem uma atitude positivista perante as circunstâncias.

Ariel



Mulher que se engaja a intensos relacionamentos, mudando toda a sua vida em prol do que deseja ou de quem a fascine. 



Existe uma infinidade de arquétipos. Tão múltiplos quanto nós. Desta forma, esse post poderia ser infinito, pois todos os dias nos deparamos com representações de mulheres em nossas mídias. Para finalizar, Jung ressalta que o arquétipo representa essencialmente um conteúdo inconsciente, que poderá ser modificado através do autoconhecimento.

Agora é com você:

Quem era os seus personagens preferidos? Quem era a sua ídola? Do que você gostava de se fantasiar quando criança? Quais personagens você não gostava? Fazendo esse exercício, podemos trabalhar conscientemente com os arquétipos, tendo a oportunidade de desenvolver consciência sobre nós mesmas.

Veja aqui o primeiro post da série: Designer finlandesa ensina como não ser conformista.

Referências: A moda imita a vida; Diálogos criativos entre Arteterapia e a psicologia Junguiana e Ser Mulher: Feminino Consciente

PS: Não foi identificado o nome do artista da primeira imagem, se você tiver conhecimento da autoria, me ajuda com os devidos créditos? Obrigada! <3



Continue lendo >>

06/03/2017

Designer finlandesa ensina como não ser conformista

Na próxima quarta-feira (08/03) é Dia Internacional da Mulher e me senti motivada a preparar uma semana inteira de homenagens à luta, à independência, ao talento e ao empoderamento feminino.

Neste momento estamos mais empoderadas do que nunca, mas também sabemos que nem sempre foi assim e ainda temos muito o que evoluir. Parte dessa evolução aconteceu e ainda acontece graças à mulheres que não se conformam com a sua atual condição.

Portanto:

SEJA NÃO CONFORMISTA!

Se permita.  Se dê mais liberdade para pensar, agir e fazer. Os seus atos, pensamentos e ideias podem até parecer absurdos para os outros, mas é porque você não consegue compreender as regras, as estruturas e normas sociais. Muitas vezes as suas ideias são inovadoras demais para o seu próprio tempo.

Você é livre e tem uma incapacidade danada para seguir as regras e os procedimentos pré estabelecidos.

Mas calma, isso só significa que você é uma pioneira.

Você é repleta de criatividade, visão e muita capacidade de liderança.

Você aponta para a mudança que o mundo ainda não percebeu, então seja essa mudança.

SEJA NÃO CONFORMISTA!

Esteja sempre de pé para o que você acredita. De peito aberto, queixo pro alto e com firmeza na mente.

Confie em você! Seja você! E tenha coragem criando a própria demanda.

A designer finlandesa Maija Isola é um bom exemplo para uma não conformista na década de 60. Foi contra a ordem pré-estabelecida de sua chefe, ouviu sua intuição e se preocupou mais em seguir a sua criação e expressão do que com as regras.




A estampa floral Unikko é um dos grafismos mais conhecidos do mundo da moda, hoje à frente de seu tempo a estampa virou um clássico no mundo da moda. E foi transgressora quando criada na década de 60 sendo uma das estampas mais icônicas do século 20.

Venha, vou te contar a história!

O print se tornou um dos símbolos da Marimekko, empresa finlandesa que abusa de tecidos e estampas coloridos, em contraste com o cenário acinzentado da Finlândia. A história da criação dessa estampa é curiosa e bem ousada por parte da sua criadora, a designer Maija Isola.

Em 1964, quando havia um boom da era flower power, Armi Ratia, fundadora da Marimekko, anunciou que a marca jamais faria estampas florais, ela dizia que "as flores só deveriam desabrochar na natureza", além do desejo de criar algo novo, já que os florais dominavam o mundo têxtil nessa época.

Maija, não quis saber da proibição, colocou a mão na massa e desenhou uma série inteira de padronagens com flores vermelhas, entre elas a famosa Unikko, um print que influencia no mundo da moda e do design até hoje.

Além do desenho em si, a ousadia da designer é fascinante. É incrível perceber como ela sabia o que estava fazendo, não foi mero acaso ou sorte a ilustração cair no gosto da dona da Marimekko. A flor desenhada por Maija tem um grafismo simples e compreensível a diversas culturas e ainda é atemporal.

Também na década de 60 a marca ganhou grande destaque internacional, com suas coloridas estampas, e além dos tecidos e roupas, a Marimekko ganhou enorme reconhecimento pelos seus objetos para a decoração interior.


Almofadas com as flores Unikko

Bandeja com a padronagem

Look da Coleção de 2014, quando a estampa Unikko fez 50 anos







Comemoração dos 50 anos da estampa Unikko

Ônibus coberto pelas flores Unikko em Hong Kong

Balão Unikko sobrevoa os arredores de Helsinki

Coragem, mulher!

Vamos transformar o mundo à nossa volta.

Quem for nova por aqui e quiser me acompanhar no instagram é só procurar por @casadesignstudio 

Obrigada pela sua companhia!

Referências: Casa Vogue e Wikipedia



Continue lendo >>

22/02/2017

Carnaval para quem não gosta de Carnval


Ok. Você pode até não gostar do Carnaval, mas tenho certeza que você AMA o feriado prolongado!

Estou certa?

Mesmo vivendo no país do carnaval, há diversas maneiras de fugir da folia, o Brasil não é só curtição nessa época, há incríveis destinos para quem quer dar uma pausa na rotina e descansar longe das festas. Maaaas, tem um ponto negativo de viajar nessa época do ano: não é tão em conta quanto viajar na baixa temporada.

No entanto, podemos pensar em formas de driblar esse inconveniente economizando na hospedagem. Pesquisando formas de fazer isso descobri o Glamping, você já conhece?

O que é Glamping?

É um camping glamuroso ou um acampamento luxuoso, mas está longe de ser exclusivo para os ricos. O glamping é acessível para a maioria dos viajantes. A ideia é montar a sua barraca de forma sustentável e confortável em meio à natureza. 





A palavra glamping é relativamente nova (foi criada em 2005), mas a prática é antiga. Os otomanos tinham tendas que pareciam verdadeiros palácios em suas missões militares.

Nômades que vivem em trailers também são adeptos do conforto indoor e geralmente as mulheres são as responsáveis por embelezarem as tendas com linho, rendas, tecidos florais, almofadas, flores, luzes, velas, trazendo o aconchego do seu lar para a natureza.






Imagens: 1, 2, 3, 4, 5

Aqui está algumas ideias para transformar a sua próxima viagem em um camping repleto de glamour:

1- A BARRACA

Antes de tudo, você precisa de uma barraca e se quiser realmente uma vibe glamp o ideal é que você consiga ficar de pé dentro da barraca. Uma tenda de sino seria perfeito, porém é caríssima. Queremos glamour, no entanto pagar pouco por isso, não é mesmo?

2- TAPETES

Que tal trazer um pouco de conforto e aconchego para o acampamento com tapetes? Encontre um espacinho no carro para levar o seu tapete de casa, caso isso não seja viável uma boa ideia é cobrir o chão com cangas indianas. Lembre-se sempre de ter em mente, trazer conforto para você aproveitar ainda mais o contato com a natureza no chão.

3- ALMOFADAS

Glamour sem beleza não é glamour! E uma forma fácil de deixar qualquer decoração estilosa, certamente é o uso de almofadas. Além do charme, elas irão trazer mais conforto para o seu tapete ou canga. Traga as suas almofadas da sala, prefira as que tem capa, pois quando você voltar de viagem, poderá lavá-las facilmente.

4- CAMA

O ideal para acampar é um colchão inflável, capriche na roupa de cama.

5- ILUMINAÇÃO

Se o acampamento tiver eletricidade, será muito útil luminárias para evitar "perrengues" e deixar sua estadia mais confortável, não há nada mais desagradável do que procurar coisas no escuro. Esse é o primeiro ponto, depois podemos pensar na iluminação para decorar e tornar a nossa tenda no meio da natureza mais mística, acolhedora, inspirando um romantismo. Sim, a iluminação tem todo esse poder! Não se esqueça de levar lanternas também. ;)

6- MOBÍLIA

Não é necessário muitos mobiliários, mas o que ajuda muito o conforto em nossa estadia em meio à natureza são cadeiras e mesas. Experimente algo leve, tipo cadeira de praia, não se esqueça que precisamos carregar todas essas coisas no carro.

7- EXTRAS

Ventilador, utensílios de cozinha, roupa de banho, fogareiro para camping, repelente e etc.

Esqueci de mais alguma coisa para essa viagem?




Imagens da montagem: Instagram @spell_byronbay

É isso aí, se você seguir todos esses passos terá um glamping incrível!!!

Você gosta de carnaval? Quais os seus planos para o feriadão? E acampar, curte esse tipo de viagem?



Continue lendo >>

19/02/2017

9 formas de acolher a natureza em casa


Hoje nós não olhamos para a natureza com a mesma reverência e isso é uma pena. Ao distanciarmos da natureza, nos distanciamos das nossas origens e por consequência de nós mesmos. Nos esquecemos que contemos o todo nessa parte que somos hoje.

É difícil principalmente para quem vive nas grandes cidades se manter conectado com a natureza. O concreto, a rigidez dos prédios, a correria, os carros, nada é fluído, nada é espontâneo e então simplesmente esquecemos do quanto naturais nós somos.

Como moro no Rio, me sinto privilegiada por termos florestas dentro da cidade. Amo me refugiar em meio à natureza. E quanto mais fico em contato com ela, mais me convenço de que a Terra não é somente uma esfera de elementos minerais, vegetais e animais, é também um ser vivo dotado de respiração. E me sinto cada vez mais sensível à ela.

Ao lado de toda essa sensibilidade que a natureza me traz, estou aprendendo a criar ambientes que estejam em sincronia com a natureza. Um ambiente que celebra a diversidade e reconhece a interligação de tudo me ajuda a estar sincronizada com os ritmos dos outros.

Posso assegurar que esses ambientes de conexão que criamos trazem equilíbrio suficiente para nos proporcionar apoio e a energia criadora do Universo de que precisamos não só para sobreviver como para florescer.







Aqui estão algumas idéias para acolher o mundo natural em nossas casas:






1- ESCOLHA ELEMENTOS NATURAIS QUE FAÇAM VOCÊ SE SENTIR EM PAZ



Escolha elementos que ressoam com o seu estilo pessoal é o primeiro passo para trazer essa conexão para a sua casa. Você pode apreciar a natureza áspera das rochas e revestir uma parede natural do seu terraço (sonho!), ou então você prefere um tom mais sofisticado do revestimento de mogno escuro para a sua sala. Caso não seja possível revestimentos naturais, as cores neutras podem criar um espaço mais inspirado na natureza.





2 - AUMENTE O FLUXO DE AR


O ar fresco é um aspecto importante para o bem estar da nossa casa. Ele pode estimular os sentidos olfativos e proporcionar brisas agradáveis ​​que criam uma sensação de estar em sintonia com a natureza.



3 - INCLUA PLANTAS EM SEU AMBIENTE



As plantas purificam e oxigenam o ar dentro de um espaço e são fundamentais para restaurar o nosso equilíbrio. Incluí-las na decoração é uma tática maravilhosa para ter a natureza por perto. Você pode espalhar algumas (ou muitas!) pela sua casa ou em sua área externa. Se você não puder cuidar sempre de suas plantinhas, comece pelas suculentas ou pelas flores secas.



Esteticamente as plantas fazem as coisas parecerem mais felizes e alegres, evocando a sensação do mundo natural.



4- LUZ NATURAL



Convide a luz natural para entrar na sua casa! Sinta a energia que vem do sol. Abra a janela e respire! Se você tem uma área externa, sinta-se privilegiada, dê "oi" ao sol todos os dias!



5- PEDRAS, ROCHAS E SEIXOS



Coloque-as em taças ou em um vaso, amontoados em um pequeno monte de pedras ou coloque-as individualmente em um lugar especial. Há infinita variedade e beleza nos minerais, além de adicionarem terra e estabilidade para nossas casas.



6- PRESENTES DA NATUREZA



Podemos encontrar tesouros especiais quando andamos na natureza: Uma pena, um galho contorcido, conchas, pedras, cristais. Considere trazer pequenas lembranças para sua casa e honrar a natureza. Mas não exagere, ok?! ;)



7- FONTE DE ÁGUA



Pequenas fontes de água podem ter efeitos mágicos. E não é difícil tê-las ou criá-las. O som suave da água acalma e os princípios do feng shui dizem que a circulação de água traz boa energia.



8- COMPANHIA DOS ANIMAiS


Às vezes esquecemos que os animais de estimação fazem parte da natureza (como nós somos), mas quando vemos um gato perseguindo um animalzinho menor, um cachorro preocupado com o osso ou o canto de um pássaro, ficamos extasiados. Eles são incríveis e temos muito o que aprender com eles.

9- FAÇA UMA PRÁTICA DE CONEXÃO

Vivencie a ligação que você tem com a natureza, esteja presente e envie a sua consciência para a terra. O propósito dessa prática é ir além da estrutura da edificação em que se está e conectar-se com a parcela de terra que a sustenta.

- Sente-se confortável numa cadeira ou mesmo no chão, de preferência com os pés descalços em contato com o chão. Feche os olhos e respire lentamente, fazendo sete ciclos de respiração consciente e profunda.

Imagine raízes brotando dos seus pés e se aprofundando no solo. Sinta sua consciência completamente presente neste espaço e perceba como ela penetra a Terra através dessas raízes. Sinta o poder da sua energia conjunta com a natureza.

- Se permita se sentir relaxada, imagine as raízes fincando no solo, passando pelas rochas, pela água e pelo fogo, rumando para o centro da Terra.

- Mentalize as seguintes frases:

  • Eu sou forte e equilibrada;
  • Sou como uma árvore enorme, com raízes fortes e grossas, conectadas profundamente com a Mãe Terra;
  • Eu me banho num rio de força e coragem;
  • Sou uma força da natureza que não pode ser detida.
Mentaliza as frases até se sentir energizada. Então, siga lentamente as raízes voltando à superfície, dedicando tempo para sentir até a sua consciência voltar para a camada mais exterior da terra.

Logo você sentirá o amor caloroso da natureza por você.



Podemos começar a desfazer o condicionamento cultural que nos ensinaram de que a Terra está morta e que as outras formas de vida possuem intrinsecamente menos valor que a nossa. Trazendo a natureza para dentro de casa é uma maneira de começar a unir-se com a vida. Voltando quem sabe, a pensarmos como nossos ancestrais, que percebiam a natureza como viva, com inteligência e com alma. 

Com amor,
Thamyrez.
Continue lendo >>