16/08/2017

Efeito girl power na mostra Morar Mais por Menos 2017

Ontem estive no encontro de blogueiras na mostra Morar Mais por Menos 2017 e foi incrível ver tantos ambientes lindos. Você também ama bater perna em uma mostra, para ficar ligada nas últimas novidades e tendências na decoração? Então não perca, tudo o que eu tenho pra te contar!

Como já conversamos muito por aqui, o nosso projeto de vida, nossas histórias, nossos sentimentos e até mesmo as transformações do mundo influenciam muito na forma como moramos e o Morar Mais, um evento que sempre trata a decoração com muita ousadia e com ideias que saem do lugar comum trouxe ambientes que refletem os novos tempos que estamos vivendo.

Novos tempos, que traduzem um novo morar, que apenas reafirmam os caminhos que as nossas gerações atuais estão trilhando.

Seguindo a (louvável) tendência do empoderamento feminino, que foi o termo mais procurado no Brasil em 2016, segundo o site Shutterstock, pude ver vários ambientes que foram criados para mulheres independentes, empreendedoras, modernas, autênticas, decididas, ou seja, empoderadas.

Empoderar-se é o ato de tomar poder sobre si. É trabalhar a sua confiança, é fortalecer uma a outra e ter ambição para seguir os seus sonhos! 

Nesse post vou compartilhar alguns ambientes que foram criados para mulheres empoderadas. Bora ver esses cantinhos!

#1 Escritório da empreendedora

De todos os ambientes, o que eu mais gostei foi o escritório da empreendedora. Um espaço super feminino, porém fugindo do óbvio, com cores neutras e contemporâneo, montado pelas meninas do Studio Prima.

Como sou empreendedora, criativa e trabalho na maior parte do tempo em casa, desejei muito ter um cantinho sofisticado, assim como esse.

Esse escritório tem algumas inspirações que podemos trazer para a nossa realidade por serem super acessíveis:

  • Objetos de decoração feitos artesanalmente, no melhor do estilo faça você mesmo como essa luminária com cordas e pranchetas pintadas de dourado na parede;
  • Pintura criativa na parede ao invés de revestimentos;
  • O rebaixo de gesso foi substituído por um jardim suspendo lindo, com espécies variadas, grandes folhagens, bromélias.


#2 Estúdio delas

Como o mundo, a forma como moramos também se transforma. Esse estúdio foi pensado para uma mulher moderna e em fase de transição, que deseja morar sozinha. Temos mais informação, conhecimento e poder que as nossas ancestrais poderiam sonhar.  Com essa consciência a vida das mulheres ganharão um novo sentido, mais individualizada do que o óbvio casamento. Mais do que nunca vivemos em um momento em que a mulher pode assumir a sua autenticidade, sua autonomia e sua responsabilidade sobre si mesma.

E o Estúdio Delas reflete essa transformação das mulheres nos dias de hoje, é um pequeno apartamento, com ambientes integrados e muito sofisticado. Reflete uma mulher jovem, porém com um alto poder aquisitivo, que deseja conforto, viver bem e receber seus amigos.

O estúdio é composto em sua grande parte por mobiliário solto, versátil e assinados pela Tok & Stok. Toda a curadoria dos quadros e objetos de design são produzidos por mulheres! Yeeeeees! #girlpower O ambiente foi feito pela arquiteta Camila Mesquita.

Mais uma vez, mesmo o espaço sendo feminino, não é nem um pouquinho óbvio. A cor rosa se mistura com elementos clássicos e industriais, mostrando ao mesmo tempo a leveza e a força de sua moradora.


#3 Quarto da mãe solo

Mais um termo moderninho e tão cheio de significado presente na mostra Morar Mais 2017. Que coisa LINDA!

"Mãe solteira" destaca mais o fato de a mulher não estar mais em relacionamento do que o fato de estar lidando com a responsabilidade de criar um filho. Por isso o termo "mãe solo" está tão em alta (thanks God!)

O estado civil não diz nada sobre a capacidade de uma mulher ser uma boa mãe. Por isso achei lindo, ver um quarto sofisticado e muito bem pensado para a mãe solo. Com soluções práticas para a mulher cuidar do seu baby com toda a segurança.

O berço é super leve, dá para segurá-lo com apenas uma mão, praticidade total para a mãe. Mais uma vez, adivinha? O quarto pensado para a mulher, foge de novo do óbvio com cores neutras, podemos observar o toque feminino nos detalhes, pois aqui o rosa nem chegou perto. O ambiente foi criado pela arquiteta Rebeca Albertassi.



#4 Quarto da menina

E é claro que eu não poderia deixar de mostrar aqui o quarto da menina foi projetado para ser versátil, com uso de cores neutras e móveis soltos que podem ser substituídos ao longo do crescimento da criança.

Gostei muito do cantinho com a cabana no chão para a menina brincar. Esse espaço aconchegante pode ser feito com um colchão, tapete, almofadas e um tecido pendurado em um suporte fixado ao teto, de preferência bem fluido e transparente para dar leveza. A menina vai amar ter um cantinho assim. Ambiente lindo pela Ana Paula Sarmento.


#5 A sala da empreendedora

É um ambiente de estar que conta com obras de arte para deixar o ambiente mais aconchegante. Gostaria muito de um ambiente desse para reuniões, já que acho o home office um cômodo muito pessoal.

O que mais gostei foi a pintura bicolor da parede, mais uma vez uma forma criativa se substituir os revestimentos na parede, deixando a decoração mais acessível sendo possível ousar em outras peças. Como podemos ver aqui o tapete rosé persa, a luminária de palhinha e o grafismo tropical na outra parede. Também do Studio Prima.







E aí, gostou do efeito girl power no Morar Mais Rio desse ano? Dos ambientes que mostrei, qual foi o seu favorito?

*Todas as imagens são da assessoria do Morar mais por menos.

Se você é do Rio, não deixe de visitar o Morar Mais! Todos os ambientes estão lindos, com várias inspirações para a nossa casa. A mostra vai até o dia 17 de setembro no Casa Shopping, na Av. Ayrton Senna, 2150, bloco I, Barra da Tijuca.















Continue lendo >>

12/07/2017

[NOVO MORAR] Ruby Borba fala sobre decoração afetiva

Recentemente rolou um bate-papo ao vivo, no canal do YouTube do CasaDesignStudio com a Ruby Borba, referência no design contemporâneo de interiores brasileiro que trabalha com o conceito de decoração afetiva. 

Foi a estreia da nova série do canal do CasaDesignStudio, o Novo Morar, que tem o propósito de gerar insights sobre novos caminhos para a construção de um lar que dialogue com as transformações de uma era que está sendo moldada pela inovação tecnológica, pelo conhecimento, pela conectividade, capacidade de customização e alcance.

Estamos vivendo um profundo despertar de consciência sobre o modelo econômico vigente da era pós industrial, baseada na produção de massa, hiperconsumo e descarte.

Ruby traz essa consciência para a decoração, entende que as mudanças estão muito aceleradas e traz toda essa clareza para mudar a nossa relação com a casa. 

Nesse bate-papo pude entender um pouco mais sobre os desdobramentos dessas mudanças em nossa casa, e observei alguns aspectos que dizem muito sobre como as novas gerações estão vivendo.

Destaquei alguns pontos citados pela Ruby que mais dialogam com o Novo Morar:


  • Com todas essas transformações no mundo o senso de comunidade se extende para a nossa casa, há uma busca maior por vivências coletivas.



  • Estamos repensando o consumo, nos expandindo para a consciência de que nossos desejos são muito maiores do que nossas necessidades.



  • Há uma maior compreensão do propósito da nossa casa e o nosso papel dentro dela.

Por fim, destaco uma fala da Ruby que revela uma alegria sobre o morar e sobre o seu  trabalho, que é pura inspiração:

"A decoração não é sobre o ter, a decoração é sobre se reconhecer no espaço. Quando uma pessoa se reconhece no espaço, se vê no ambiente e entende a razão por estar ali. Se vê transportado nas paredes, nos móveis e nas cores. É uma sensação muito boa, que eu gostaria que muitas pessoas tivessem e que muitas pessoas ainda não têm e isso é o que me motiva a fazer a decoração afetiva hoje, porque eu sei que muitas pessoas têm casa, têm condições de mudar as coisas, mas não se reconhecem dentro da sua casa e não se sentem tão a vontade o quanto poderiam se sentir."

Confira agora o nosso bate-papo, espero que seja muito inspirador para você, assim como foi para mim!


Continue lendo >>

05/07/2017

Como será o novo morar dos brasileiros

O mundo mudou e nós mudamos o nosso comportamento em relação a ele.

Os excessos começaram a ser questionados: o consumo, as relações pessoais, a internet e etc. Em nossa trajetória, a todo momento estamos evoluindo, crescendo, aprendendo, errando e nos aperfeiçoando. 

A maneira como nos relacionamos com o mundo e a forma como nos expressamos nele, estão intimamente ligados com a forma como moramos.

A casa é um organismo vivo, é muito mais do que uma sustentação de tijolos e paredes, assim como nós uma casa nasce, cresce e escreve a sua própria história.







Com a internet e as mídia sociais, o conceito de intimidade é outro, os limites entre o público e o privado já quase não existem mais e a casa se abriu. Dê uma navegada pelo Instagram e será muito fácil observar isso.  Muitas pessoas têm encontrado na decoração um caminho para construir a própria identidade, o estilo próprio, a liberdade e a alegria de viver. E o melhor, de um jeito novo.

Cada um de nós pode ver a sua casa refletida nessas novas tendências e valores que  se transformam em novos comportamentos e hábitos de vida. Fazemos parte de uma nova geração que está vivendo de forma mais simples e engajada. 




A geração atual, busca acumular experiências e não bens materiais, fazendo crescer maneiras incomuns de relação com o trabalho, o que influencia os conceitos de morar.

Aos poucos estamos nos abrindo para uma economia colaborativa, e desta forma o ideal que conhecíamos da casa também sofre transformações. Por exemplo: a noção de tempo específico pra cada atividade, como lazer, trabalho e família, está se transformando devido a presença dos co-works, casas escritórios e de empresas com cara de casa. 

Um outro exemplo são as várias gerações dentro dos lares, hoje é muito comum um jovem de 20 anos morar com a sua avó. E não para por aí, a família tradicional com pais e filhos, praticamente não existe mais.


Vamos entender um pouco das transformações que já ocorreram entre algumas gerações?


A tendência da estrutra familiar tradicional representa a geração Baby Boom (nascidos entre 46  e os primeiros anos da década de 60), onde a identidade é construída a partir da independência dos pais e da autoridade.

Com a geração X (nascidos a partir dos anos 60 e os primeiros anos da década de 80), surge os novos tipos de família e a identidade é buscada pela adesão do grupo.

Já com a geração atual, a família é o que quer que seja; podendo ser formada por não familiares e a identidade é construída sendo sincero consigo mesmo.




Outros fatores que levam as pessoas a pensarem em uma nova dinâmica do morar é a crise econômica, violência urbana e se locomover pela cidade.

Por tudo isso e muito mais, a ideia de compartilhar a casa com amigos e até mesmo desconhecidos ficou mais presente do que nunca.

Para a geração atual o "ser" é o novo "ter".

O que podemos observar é que não desejamos mais um estilo de vida anacrônico e autodestrutivo, onde vivemos em um constante estado de tensão, competição e luta pela sobrevivência. Desta forma vivemos exilados de nós mesmos, sem espaço e tempo para uma vida com mais significado.

A nossa busca é por estar mais perto da natureza, do sentido e do significado.

E foi pensando nessa nova forma de se colocar no mundo e viver a nossa casa de forma tão diferente das gerações anteriores, que surgiu todo esse movimento dentro de mim em buscar respostas à essas transições.

Com o propósito de gerar insights sobre caminhos autorais para a construção de um lar que dialogue com a nossa essência e transformações, o Novo Morar dos Brasileiros, a nova série de conteúdo para o Casa Design Studio é uma reflexão sobre o que ocorre quando são feitas escolhas verdadeiras.


Com base em entrevistas com pessoas que já vivem nesse novo formato, como Ruby Borba, Vero Kraemer,  Natalia Viana e muitas outras essa série irá abordar questões significativas na construção desse novo morar.

Já temos data para a nossa estréia de entrevistas, que irá acontecer na segunda-feira dia 10/07 às 20h ao vivo no canal do Casa Design Studio com a Ruby Borba.

Será lindo! Junte-se a nós, vamos bater um papo sobre como todas essas transformações impactam a forma como moramos.




As ilustrações escolhidas para o projeto são da Yoko Honda, suas imagens têm uma estética nostálgica dos anos 80, cores vibrantes, beleza e um toque de glamour.

E você, o que acha sobre todas essas transformações?








Continue lendo >>

03/07/2017

Como vive a geração do desapego

Viver só com o essencial e ter uma vida mais simples são necessidades cada vez maiores do mundo contemporâneo, que está se revelando cada vez mais transformador. Na minha infância, na década de 90, quando pensávamos em decoração, íamos à lojas estilo showroom para mobiliar a nossa casa. 

Hoje o movimento é outro, os entusiastas de decoração e desse novo estilo de vida podem ser vistos em brechós, bazares e mercados de pulgas. As pessoas estão cada vez mais percebendo que TER ficou menos importante do que reutilizar e compartilhar. 

As pessoas estão se juntando a esse movimento por muitas razões, e as mais populares são preocupações ambientais, financeiras e até existenciais. O desejo por mais tempo e liberdade, e assim acumular experiências e não bens materiais, além do desejo de partilhar e não simplesmente possuir, fazem crescer toda essa ideia de desapego.

Recentemente rolou o Bazar Desapego de Blogueiras no Ateliê Bora pra Casa, e participei com os meus desapegos, muitas roupas e objetos de decoração.

Veja um pouquinho do que rolou no bazar:







Todo o movimento do bazar foi maravilhoso, começando pela curadoria das peças. É muito bom fazer esse exercício do desapego. Olhar para a casa e prestar atenção no que não nos serve mais é libertador.

Geralmente guardamos muitas coisas, pois nos apegamos à lembranças de outras situações e épocas. Se determinado objeto não te faz mais feliz, isso significa que você mudou e isso é ótimo. Desapegar é se livrar dos seus antigos "eus" espalhados pela casa. 

Também foi incrível poder ver o bazar com tanta gente, fazendo garimpos lindos, refletindo sobre como consumimos e trocando uma ideia com a gente.

Quem compra em brechós, está aumentando a vida útil de um produto, incentiva o crescimento do slow fashion e ajuda toda a sociedade a repensar o consumo.



O bazar teve a presença linda da daniribeiro.comidadeverdade
Ana Carolina do Eu Organizado e eu
O bazar foi lindo, fruto de uma bela parceria que tenho muita felicidade em fazer parte. Uma rede tecida por blogueiras com grande visão colaborativa e consumo consciente! Vale a pena conhecer o trabalho delas: Annima, Ateliê Bora pra Casa, Casa de Amados, Decorviva, Nossa Apê, Revista Oca Pop // Pot Pourri da Karen.

E você? Também é adepta do desapego? Curte um bom garimpo? Conta pra mim!



Continue lendo >>

27/06/2017

Um dia de florista na Oficina da Linoca Flores

Às vezes fico me imaginando dona de uma floricultura, compartilhando o meu amor pelas flores em forma de bouquets e arranjos. Conectando pessoas à beleza natural que vem da terra e que fazemos tão parte.
Eu sempre decoro a minha casa com flores para alimentar o meu desejo de contato com a natureza e com a beleza natural, mas meus arranjos são feitos de forma intuitiva, sem ter conhecimento de nenhuma técnica.

Recentemente participei da II Oficina Floral da Linoca e amei a experiência. Pela primeira vez tive uma vivência real de uma florista e fiquei encantada.
A designer floral Aline, mais conhecida por Linoca é super talentosa, esbanja elegância em seu trabalho e tem uma capacidade incrível de encantar com as flores.

Na oficina eu aprendi muitas coisas sobre o universo de uma florista. Aprendi como comprar flores, como escolher, quais os melhores lugares e dias para comprar na cidade do Rio de Janeiro.
Também aprendi, como conservar as flores, a limpeza dos caules e recipientes, cortes, hidratação correta da espuma floral e como usá-la. Aprendi a fazer um arranjo formal simétrico, e o arranjo desconstruído. Enfim, foi uma tarde maravilhosa, com muitos aprendizados e inspiração.
Confeccionei um buquê na técnica espiral e eu amei. Vivenciei um pouco do meu sonho de ser uma florista! Rs. Uma outra coisinha que eu amei na oficina, foi ganhar um alicate para chamar de meu. Nossa! Eu não acredito que eu fiquei esse tempo todo cortando caules de minhas flores na tesoura. Com o alicate é muito mais prático e fácil. Amei!

Mas vamos falar sobre a decoração do evento? A Aline reuniu vários parceiros maravilhosos que juntos fizeram uma verdadeira festa, com uma decor impecável, de encantar o nosso olhar. Todo o evento pode ser resumido em pura beleza, harmonia, energia boa e encantamento. Só de lembrar dessa tarde, já fico aqui sorrindo.





Além do alicate, ganhamos um bloco de anotação, apostila, ecobag e um biscoitinho delicioso.

Tudo estava impecável, o evento foi maravilhoso, com muita beleza reunida em todos os cantos.
O evento foi registrado pela Nathalia Lovati, uma fotógrafa que captura a beleza de todos os momentos.
Continue lendo >>

23/06/2017

Viagem do Casa Design Studio para SP

Quem acompanha o instagram do Casa Design Studio, deve ter visto que recentemente estive em SP. Hoje vou contar um pouquinho sobre essa viagem super especial, a primeira com o foco total em produzir conteúdo pro blog e espero que seja a primeira de MUITAS!
Sempre achei SP uma cidade inspiradora quando o assunto é design, arte, cultura e boa comida, se você quiser acompanhar um pouco da minha visita turística à cidade, veja esse post super bacaninha! :)
Estava empolgadíssima por essa viagem, como adoro fazer parcerias, estava super ansiosa para rever a Verô Kraemer do Além da Rua Atelier e conhecer a Natalia Viana do instagram nataliavianaflor.
Eu e Verô Kraemer em sua casa ateliê





Estou produzindo um conteúdo super especial para o canal do YouTube do CDS, será uma série deliciosa sobre uma tendência comportamental que está acontecendo em todos os cantos do mundo e claro aqui no Brasil, também!
Com tantas transformações acontecendo no nosso mundo, a forma como moramos também é impactada por todas essas mudanças que estamos vendo por aí.
Percebo também que as novas gerações estão vivendo uma vida mais simples, engajada e mais uma vez isso impacta na forma como moramos.
E foi pensando nessa nova forma de se colocar no mundo e viver a nossa casa de uma forma tão diferente de nossos pais, que surgiu essa vontade dentro de mim em buscar respostas à essas transições. E claro, nada mais maravilhoso do que ir atrás dessas respostas com pessoas que já vivem essa nova realidade. Uma maneira vanguarda de morar. Falarei mais sobre o projeto no próximo post!
Por enquanto quero mostrar como foi a viagem!







Viajei na quinta-feira e no dia seguinte logo na parte da manhã já estava na casa-ateliê da Vero Kraemer. O primeiro andar tem espaços generosos, repletos de trabalhos da artista, expostos com tanta harmonia que são um verdadeiro deleite para os amigos, alunos e quem mais for visitá-la.
Amei rever a Verô, ela é igualzinha ao que a gente vê em seus vídeos, uma mulher super alto astral, carinhosa e talentosa! 
No primeiro andar também tem a oficina dela, que era uma antiga garagem. Nem acreditei quando soube! Que transformação!


No sábado foi dia de encontrar a Natalia Viana em sua casa studio. É incrível como as mídia sociais deixam o conceito de intimidade mais abrangente. Pelo pouco que ela mostra de sua casa no Instagram, eu já sabia que a sala do seu apê tem uma luz natural maravilhosa e uma varandinha que é só amor cheia de plantinhas. Fiquei muito feliz de conhecer a Natalia, e ela é exatamente como o seu trabalho linda e sensível.


A Natalia nos apresentou um lugar super especial que adorei ter conhecido. Uma lojinha chamada Jardin do Centro que é um amor, com uma atmosfera encantadora. Parecia que por algum momentos não estávamos em SP.



Também tivemos tempo para passear um pouco por São Paulo e foi na Oscar Freire que conheci uma boutique de flores que me deixou encantada e apaixonada. A Flower Bar Tem cada arranjo lindo, desconstruído e inusitado com flores nobres, fiquei muito feliz em ver uma marca como essa, que se propõe a encher a vida de pessoa com a beleza das flores.





Espero que você tenha gostado das novidades, em breve voltarei para contar mais sobre o projeto do Novo Morar.

Eu não fico só por aqui, todos os dias compartilho o meu dia a dia criativo nas redes sociais!


Continue lendo >>

06/06/2017

A vibração do amarelo na decor

O amarelo é uma cor de luminosidade alta.

Seu efeito é leve, pois parece vir de cima. A luz do sol é percebida como amarela, apesar de ser incolor. 

Luz lembra leveza.

Por isso gosto de dizer que o amarelo eleva o astral de qualquer ambiente. É a cor mais brilhante do espectro e torna os espaços claros e vibrantes.

O amarelo também está presente com fartura nas flores, pois a maioria das flores que desabrocham são amarelas, como as acácias, o crisântemo, a rosa amarela, o narciso, margaridas e etc.

Na publicidade, na moda e nos trends quando desejam passar a ideia da recreação, da jovialidade e do otimismo o amarelo entra em cena, um exemplo disso são os bottons amarelos com o smile e os emojis. O amarelo é lúdico e se irradia como um sorriso.

O valor terapêutico mais óbvio dessa cor tão luminosa é a capacidade de elevar o espírito e injetar vitalidade. Uma das coisas que não podem faltar em meu ritual matinal é olhar para o sol, sentir a sua energia revigorante enquanto faço minhas mentalizações para o dia que se inicia. Essa técnica revigora e nos preenche de energia positiva. Desta forma, tons claros e brilhantes nas paredes auxiliam o fluxo de forças que geram ânimo em nossa vibração. 

Vamos à algumas dicas práticas:


O amarelo é  uma boa opção de cor para salas de estar e jantar, ou qualquer outro cômodo para a família porque promove a harmonia nas relações pessoais.


Foto: Amarguras Amarelas


Trazer flores amarelas, como os girassóis para a decoração reforça a energia abundante da terra associada ao amarelo.





Os tons de azuis são ótimos para equilibrar com a cor vibrante.

Foto: Site Casa Aberta


O amarelo e rosa quente formam uma combinação inesperada e até exótica.


Foto: Pinterest



O amarelo traz um tom vibrante e acolhedor, caso você não queira pintar toda uma parede com a cor, utilize-a na seleção dos móveis.

Foto: Histórias de Casa


O amarelo enriquece a nossa vida, seja em tonalidades quentes como açafrão intenso, um girassol alegre e ocre vivo, ou sejam em tonalidades frias como limão ácido, amarelo pálido e creme claro, abuse do amarelo e sua casa terá um aspecto sempre radiante.

Imagem de capa: Pixabay







Continue lendo >>